PUBLICIDADE
Topo

Autora de Crepúsculo abre 'contagem' em site e fãs descobrem novo livro

Robert Pattinson e Kirsten Stewart em cena de Crepúsculo - Reprodução
Robert Pattinson e Kirsten Stewart em cena de Crepúsculo Imagem: Reprodução

Colaboração para o UOL, em São Paulo

29/04/2020 22h24

Aparentemente, vem aí mais um capítulo da saga Crepúsculo, que fez a cabeça dos jovens no começo da década.

A autora dos livros que basearam a série de filmes, Stephenie Meyer, começou uma "contagem regressiva" em seu site, cuja hora final será no próximo domingo (03).

Apesar do grande mistério ter mexido com os fãs, não demorou muito para que eles começassem a ter ideia do que pode ser a novidade prometida pela escritora.

Um grupo de entusiastas da aventura do vampiro Edward e a mortal Bella conseguiu acessar o código HTML do site e descobriu, entre os dados, que um novo livro pode ser lançado. E não se trata de qualquer livro: possivelmente é "O Sol da Meia Noite", obra que foi considerada uma lenda urbana entre os fãs da saga.

De acordo com a história, Meyer começou a escrever este livro quando os filmes baseados em Crepúsculo começaram a chegar aos cinemas. Entretanto, ela desistiu de continuar quando alguns dos capítulos vazaram na internet.

A escritora disse na época que apresentou alguns dos capítulos escritos para algumas pessoas específicas, como o intérprete de Edward Cullen, Robert Pattinson, além da diretora do primeiro filme, Catherine Hardwicke.

Ela chegou a dizer em uma entrevista para a MTV, em 2011, que sofria pressão intensa para finalizar a obra, inclusive de sua própria mãe.

A pista para o lançamento de "O Sol da Meia Noite" está no link de direcionamento para quando a contagem regressiva acabar: os internautas serão levados para o site stepheniemeyermidnightsun.com. Que acessa o site agora percebe se tratar de um domínio privado — para acessá-lo, é preciso ter um login e senha.

Na história do possível novo livro, a história de Crepúsculo é vista sob outro ponto de vista: enquanto o original conta a trama através de Bella, agora a mesma saga é vista pelos olhos de Edward. Com isso, será possível compreender a história sob o olhar do vampiro, o que faz com que novas cenas (excluídas do livro original, lançado em 2005) venham à tona — inclusive, uma esperada luta de Edward com James.

Uma parte dessa ideia apareceu em 2015, quando Meyer lançou Vida e Morte, onde ela recontou a história trocando os sexos de Edward e Bella. Apesar do livro ter vendido muito, não obteve o mesmo sucesso da saga, tendo as continuações abandonadas.

Anos depois, a autora E.L. James, responsável pela trilogia Cinquenta Tons de Cinza, "copiou" a ideia de O Sol da Meia Noite e escreveu Grey, livro que conta a história de seu primeiro livro sob o olhar de Christian Grey.

Livros e HQs