PUBLICIDADE
Topo

'Milagre na Cela 7': Explicamos o final e as teorias do filme

Cena do filme turco "Milagre na Cela 7", da Netflix - Divulgação
Cena do filme turco 'Milagre na Cela 7', da Netflix Imagem: Divulgação

Beatriz Amendola

Do UOL, em São Paulo

22/04/2020 16h19

"Milagre na Cela 7", o filme turco que se transformou na grande sensação da Netflix nas últimas semanas, não só tem feito muita gente soluçar de chorar, como ainda tem provocado muitas dúvidas sobre seu final —e elas vêm acompanhadas de algumas teorias.

Explicamos tudo abaixo, mas cuidado: há spoilers. Se você ainda não viu o filme, pare por aqui e volte depois.

A história acompanha Memo (Aras Bulut Iynemli), homem com deficiência intelectual que vive em um vilarejo no interior da Turquia, nos anos 1980. Pai de uma menina, ele é acusado injustamente pela morte da filha de um militar, e acaba condenado à morte. No entanto, quando a forca parece inevitável, um outro preso, Yusuf (Mesut Akusta), decide se sacrificar por Memo, deixando-o livre para viver com sua filha.

Pouco sabemos sobre a vida de Yusuf, um dos presos que divide a cela 7 do título com Memo. Quando Ova (Nisa Sofiya Aksongur), a filha do protagonista, faz uma visita clandestina à prisão, Yusuf dá a entender que matou sua própria filha, um crime que o perturba muito.

Ova e Yusuf em cena de "Milagre na Cela 7' - Reprodução - Reprodução
Ova e Yusuf em cena de 'Milagre na Cela 7'
Imagem: Reprodução

Mais tarde, em uma conversa com Hafiz, espécie de mentor espiritual do grupo, Yusuf diz acreditar que não reencontrará sua filha no pós-vida. O colega de cela, no entanto, diz uma frase importante: "Se você machucou sua filha, precisa salvar outras crianças".

Quando as esperanças de Memo se esgotam e a única testemunha que poderia testemunhar em seu favor é assassinada pelo tenente-coronel, pai da garota que morreu, Yusuf escolhe ser executado no lugar dele, em um plano elaborado que teve a conivência do diretor da prisão.

Por causa do sacrifício, Memo consegue escapar, e embarca com Ova rumo a uma nova vida. A garota leva com ela uma cigarreira, pertence deixado por Yusuf. O filme se encerra com ela, já adulta, ao lado da cigarreira.

Teoria: Yusuf era avô de Ova?

Como pouco sabemos sobre o casamento arranjado de Memo e sobre a mãe de Ova, alguns fãs começaram a especular que Yusuf poderia ser, na verdade, o avô da garota. Ele teria matado a filha e deixado Ova órfã de mãe, o que teria motivado seu sacrifício.

Outra teoria, ligada a essa, é de que Ova não seria filha biológica de Memo. Ela seria fruto de um outro relacionamento de sua mãe, que se casou com Memo para encobrir a gravidez —isso, no entanto, não a teria impedido de ser morta pelo pai.

Vale lembrar, no entanto, que o filme em nenhum momento indica que essas coisas tenham acontecido. No fim, o sacrifício de Yusuf deve ter sido motivado pelo seu desejo de se redimir e reunir um pai e uma filha —o verdadeiro milagre do título.