PUBLICIDADE
Topo

Coronavírus: R. Kelly tem pedido de liberação da prisão negado

R. Kelly aguarda julgamento por acusações de abuso sexual - Scott Olson/Getty Images
R. Kelly aguarda julgamento por acusações de abuso sexual Imagem: Scott Olson/Getty Images

Do UOL, em São Paulo

07/04/2020 15h54

O cantor R. Kelly teve seu pedido de liberação da prisão, devido a pandemia do novo coronavírus, negado hoje pela justiça. De acordo com informações da Variety, as autoridades entenderam que ele não está entre os presos mais ameaçados pela doença e segue como risco de fuga ou tentativa de obstrução de justiça.

Em março, os advogados de Kelly solicitaram que ele fosse libertado, considerando sua idade, 53 anos, e uma cirurgia recente como fatores de risco.

Além disso, os advogados também se queixaram de que as novas restrições da prisão para impedir a disseminação do novo coronavírus impossibilitavam que se encontrassem com Kelly e se preparassem para o julgamento.

Hoje, a juíza distrital dos EUA, Ann Donnelly, negou o pedido, por considerar que ele continua sendo um risco de fuga.

"O réu está atualmente sob custódia por causa dos riscos que ele fugirá ou tentará obstruir, ameaçar ou intimidar testemunhas em potencial", escreveu a juíza. E acrescentou: "O réu não explicou como esses riscos mudaram".

Atualmente, Kelly está desde julho de 2019 em um centro de detenção de Chicago, onde aguarda julgamento por pornografia infantil, extorsão e outras acusações.

Música