PUBLICIDADE
Topo

Música

Morre Bill Withers, cantor do clássico 'Ain't No Sunshine', aos 81

24.02.2020 - O cantor e compositor Bill Withers em evento em Los Angeles (EUA) - Rebecca Sapp/Getty Images for The Recording Academy
24.02.2020 - O cantor e compositor Bill Withers em evento em Los Angeles (EUA) Imagem: Rebecca Sapp/Getty Images for The Recording Academy

Do UOL, em São Paulo

03/04/2020 11h51

Resumo da notícia

  • Ícone do soul, Bill Withers morreu de parada cardíaca, segundo a família
  • Cantor eternizou músicas como 'Ain't No Sunshine' e 'Lean on Me'
  • Vencedor de 3 Grammys, também ganhou lugar na Rock and Roll Hall of Fame
  • Família definiu Withers como 'um homem solitário com um coração que queria se conectar com o mundo todo'

O norte-americano Bill Withers, lenda do soul que eternizou canções como "Ain't No Sunshine", "Lean on Me" e "Lovely Days", morreu aos 81 anos. A família do cantor e compositor confirmou a notícia à Rolling Stone, citando uma parada cardíaca como a causa da morte.

Em comunicado, a família descreveu Withers como "um homem solitário com um coração que queria se conectar com o mundo todo, através da poesia e da música". "Ele falou honestamente com as pessoas, e as conectou umas com as outras", definiram.

Withers, que nasceu em uma cidade no interior de West Virginia (EUA), entrou no mundo da música aos 33 anos, após servir como oficial da Marinha dos EUA. Em 1971, lançou o disco "Just As I Am", que incluía "Ain't No Sunshine".

Após lançar mais seis álbuns em sete anos, Withers se afastou dos holofotes e seguiu trabalhando apenas como compositor. Withers venceu três Grammys na carreira, dois deles depois de sua "aposentadoria" como cantor.

O músico ganhou o seu lugar no Rock and Roll Hall of Fame em 2015, recebendo homenagem de Stevie Wonder na cerimônia. No ano anterior, ele deu uma de suas últimas entrevistas, para a Rolling Stone.

"As poucas canções que eu escrevi em minha breve carreira foram regravadas em muitos gêneros diferentes. Eu não sou um virtuoso, mas consegui escrever músicas com as quais as pessoas puderam se identificar", disse.

Música