PUBLICIDADE
Topo

Val Kilmer conta que morou com Cher quando teve câncer: 'Ela me fazia rir'

Cher e Val Kilmer foram juntos ao Oscar em 1984 - Getty Images
Cher e Val Kilmer foram juntos ao Oscar em 1984 Imagem: Getty Images

Do UOL, em São Paulo

01/04/2020 14h44

Val Kilmer revelou como a sua ex-namorada e amiga de longa data, Cher, o ajudou enquanto fazia tratamento para um câncer de garganta, em 2015. Na autobiografia "I'm Your Huckleberry", que chega às prateleiras norte-americanas ainda em abril, Kilmer falou sobre este momento difícil em sua vida.

A popstar convidou Kilmer para morar em sua casa de hóspedes quando ele foi diagnosticado com o câncer e estava prestes a começar tratamento. "Uma noite, eu acordei e comecei a vomitar sangue de uma forma que deixava a minha cama parecendo uma cena de 'O Poderoso Chefão'", contou ele.

"Eu rezei, liguei para a emergência e avisei a minha anfitriã. Cher ficou comigo no quarto e me ajudou", continuou, dizendo a seguir que a cantora manteve o bom humor mesmo nos momentos mais difíceis.

"Mesmo na minha grave condição, eu percebi que Cher estava de olho no paramédico, um cara que era lindo como Gregory Peck. Só em Hollywood, certo? Apesar de estar coberto de sangue, o meu olhar cruzou com o dela e eu ergui as sobrancelhas para sinalizar que tinha percebido", contou.

"Cher ficou envergonhada, mas não conseguiu segurar a gargalhada. Aqui estávamos nós, brincando sobre beleza e desejo, enquanto eu estava parecendo um dublê no set de 'Cães de Aluguel', de Tarantino", escreveu ainda.

Hoje em dia, Kilmer está livre do câncer. "Já faz quatro anos, e não tive nenhuma recorrência. Me sinto muito grato", contou. "A doença teve efeitos colaterais na minha fala, mas eu estou trabalhando incansavelmente para melhorar. Saber que isso poderia acabar com a minha carreira só serviu para me motivar".

Filmes e séries