PUBLICIDADE
Topo

Ator de 'Homem de Ferro' é preso por vender "cura" para o coronavírus

Keith Middlebook em imagem captada em seu Instagram - Reprodução/Instagram
Keith Middlebook em imagem captada em seu Instagram Imagem: Reprodução/Instagram

Colaboração para o UOL, em São Paulo

26/03/2020 17h04

A pandemia de coronavírus, que atinge praticamente todos os países do planeta, tem dado espaço para que várias pessoas tentem lucrar com possíveis curas para a doença - o que não tem respaldo científico algum até o momento.

O ator americano Keith Middlebrook, famoso por suas participações em filmes como Homem de Ferro 2, Jogada de Risco e outros, foi preso hoje pelo FBI justamente por vender pílulas que supostamente curam a covid-19. De acordo com informações, ele estaria vendendo os remédios "com patente pendente" que não só curaria os que já estão doentes, mas também evitaria que pessoas saudáveis fossem contaminadas.

Middlebrook foi preso em flagrante assim que tentou entregar as pílulas a um agente do FBI que se passava por um investidor. A agência descobriu que ele vinha tentando obter fundos com investidores em potenciais para a empresa criada por ele, a Quantum Prevention CV,. Ele tentava atrair as pessoas prometendo ganhos de 200 a 300% para cada milhão de dólares investidos.

Para dar maior credibilidade para a sua história, ele alegava que o ex-jogador de basquete Magic Johnson fazia parte da diretoria de sua companhia.

Após a prisão, Keith Middlebook - que tem cerca de 2,5 milhões de seguidores no Instagram - foi indiciado por fraude. Se condenado, pode pegar até 20 anos de cadeia.

Filmes e séries