PUBLICIDADE
Topo

Entretenimento


São João de Campina Grande é adiado para outubro devido ao coronavírus

Festa de São João em Campina Grande - Divulgação
Festa de São João em Campina Grande Imagem: Divulgação

Aliny Gama

Colaboração para o UOL, em Maceió

24/03/2020 12h48Atualizada em 25/03/2020 12h33

Uma das tradicionais e maiores festas juninas do país, o São João de Campina Grande (PB) foi adiado de junho para outubro para evitar aglomeração de pessoas e conter assim a transmissão do novo coronavírus. A decisão foi anunciada pelo prefeito da cidade, Romero Rodrigues (PSD), na noite de ontem.

O evento tem 30 dias de festa ininterruptos e agora está previsto para ocorrer entre os dias 9 de outubro e 8 de novembro. A montagem da festa, que ocorre no Parque do Povo, área central de Campina Grande, tinha começado no início do mês e foi suspensa ontem.

Este ano, a festa vai homenagear o cantor Gabriel Diniz, que morreu ano passado em queda de avião. A grade de artistas do evento em junho vai desde shows de artistas de forró, sertanejo e apresentações religiosas. Dentre as atrações do evento estavam: Elba Ramalho, Henrique e Juliano, Gustavo Mioto, Naiara Azevedo e Wesley Safadão. Agora, a organização checará com os artistas a possibilidade de irem ao evento na nova data.

Segundo o prefeito de Campina Grande, a decisão ocorreu para evitar aglomerações na época do inverno e o ato servirá para concentrar as ações de combate à pandemia do coronavirus. Rodrigues destacou ainda que o adiamento ocorre em prevenção a possíveis novos casos de pessoas infectadas pela covid-19 com a aglomeração.

"É uma decisão difícil, mas necessária . Depois de 36 anos, o Maior São João do Mundo não acontecerá no mês de junho. Essa é a alteração da data para a realização desse megaevento que representa nossas raízes, nossa cultura e, do ponto de vista econômico da cidade, tem um grau de importância até maior do que o Natal", destacou Rodrigues.

Ele disse que a escolha da data ocorreu em acordo com os empresários que estão organizando a festa junto com a prefeitura e baseada nas estatísticas da OMS (Organização Mundial de Saúde) sobre o pico da covid-19. Além disso, a data levou em conta as eleições de outubro.

"Diante da necessidade de para concentrar esforços para o combate ao coronavirus na cidade, decidimos suspender a montagem da estrutura e alterar a data para o dia 9 de outubro ao dia 8 de novembro. Portanto, tradicionalmente, acontecia sempre no mês de junho no Parque do Povo, estamos falando da 37ª edição do evento. O evento vai acontecer depois das eleições", disse o prefeito de Campina Grande, destacando que a empresa responsável pela montagem do São João se colocou à disposição, caso haja necessidade na nova data, em criar um espaço para atender pessoas com suspeita de infecção pela covid-19.

O prefeito informou que os shows privados que ocorrem em paralelo ao São João de Campina Grande, em casas de shows da cidade, também vão ser adiados em cumprimento ao combate ao coronavirus. A novas datas desses shows privados vão ser anunciadas por cada organização dos eventos.

O São João de Campina Grande diz ser o "Maior São João do Mundo". A festa tem 30 dias e ocorre no Parque do Povo, região central da cidade. Este ano, o evento está na sua 38º edição.

Homenagens

Na cidade cenográfica montada dentro Parque do Povo terá a réplica da casa de Gabriel Diniz, em João Pessoa, além da homenagem que ocorrerá para o artista dando o nome ao palco principal da festa. Na casa de GD, como era carinhosamente conhecido o cantor, os visitantes vão ver roupas do artista, assistir a vídeos do cantor e ver instrumentos musicais dele.

Além da homenagem ao cantor Gabriel Diniz, o São João de Campina Grande 2020 vai homenagear o ex-governador da Paraíba, Ronaldo Cunha Lima. Na cidade cenográfica montada dentro do Parque do Povo haverá uma réplica da casa do político, que morreu em 2012.

Outros dois homenageados são a professora e ativista social Lenira Rita, que dará nome ao palco da Pirâmide do Parque do Povo e o empresário Antônio de Oliveira Jatobá, proprietário de uma das principais casas de shows da cidade, que terá o nome no Palco Cultural.

Caruaru mantém São João

O São João de Caruaru (PE), que concorre acirradamente com a festa de Campina Grande, está mantido, segundo a prefeitura. A festa junina está marcada para ocorrer entre os dias 29 de maio e 29 de junho.

Em nota, enviada ao UOL hoje, a Prefeitura de Caruaru informou que "ainda não há definições sobre o São João 2020". "Diariamente a conjuntura da pandemia é analisada na cidade, a fim de orientar as medidas que serão adotadas pela gestão municipal", diz o texto.

Caruaru diz que realiza o "Maior e o Melhor São João do Mundo". A festa ocorre no parque de Eventos Luiz Lua Gonzaga, na área central da cidade, onde é montada a arena de shows. A festa se expande para a antiga Estação Ferroviária, bairro do Alto do Moura e em outros polos em localidades rurais. Fazem parte da programação os cantores Wesley Safadão, DJ Alok, Elba Ramalho, Marília Mendonça, Gustavo Lima, entre outros.

Já a festa de São João de Petrolina (PE), localizada no sertão do estado, foi adiada por prazo indeterminado, em cumprimento a um decreto municipal. A Prefeitura de Petrolina informou que os recursos que seriam utilizados nos festejos juninos e outras festas deste primeiro semestre serão realocados para o combate ao coronavirus no município.

Entretenimento