PUBLICIDADE
Topo

Entretenimento


'The Bachelor' finalmente vai ganhar versão para a terceira idade

Casal de idosos - Getty Images
Casal de idosos Imagem: Getty Images

Do UOL, em São Paulo

26/02/2020 04h00

O "boom" dos reality shows estilo "Namoro na TV" nas últimas duas décadas usou e abusou da fórmula até desgastar. O mais famoso deles, "The Bachelor", acumula 24 temporadas, isso sem mencionar os spin-offs, versões como "The Bachelorette" (em que uma mulher procura um pretendente), "Bachelor Pad" (espécie de "all stars" em que eliminados do programa principal disputavam um prêmio em dinheiro) e "Bachelor in Paradise" (em que ex-participantes viajam para um resort paradisíaco no México). Ano após ano, todos trazem os mesmos elementos, variações sobre o mesmo tema.

Os bastidores de programas como esse até renderam uma série ficcional, a ótima "UnReal". Estrelada por Constance Zahn e Shiri Appleby, o programa, que teve quatro temporadas, mostrava a "fábrica de salsichas" —edições tendenciosas, produção que desvirtua candidatas... tudo pela audiência. A showrunner, Sarah Gertrude Shapiro, trabalhou em "The Bachelor" e levou para a trama histórias que vivenciou no reality.

Isso só deixa claro que a fórmula envelheceu. E parece que a produção do programa já se tocou disso. Tanto que a produção do ABC, canal americano responsável pelo reality, está recrutando participantes para uma versão um tanto quanto mudada. Agora os produtores de "The Bachelor" querem pessoas mais velhas em busca do amor.

"Você está em seus anos dourados, procurando por romance? Os produtores de 'The Bachelor' estão procurando por homens e mulheres, solteiros e OUTGOING, com idade acima de 65 anos, para um novo programa de namoro". O programa segue a onda recente da TV de jogar luz sobre a terceira idade, retratando idosos como pessoas romanticamente ativas. Caso de "Grace & Frankie" e "Transparent".

Entretenimento