PUBLICIDADE
Topo

Filmes e séries


A caminho de presídio, Weinstein é levado para hospital após condenação

Harvey Weinstein sai de uma das audiências do processo - Stephanie Keith/AFP
Harvey Weinstein sai de uma das audiências do processo Imagem: Stephanie Keith/AFP

Do UOL, em São Paulo

24/02/2020 23h07

Resumo da notícia

  • Ex-magnata do cinema foi levado para hospital, diz TV
  • Mudança de rota aconteceu enquanto ele era levado para presídio
  • Segundo fontes ligadas ao ex-produtor, ele teve dores no peito
  • Ele foi condenado por estupro e sentença deverá divulgada em 11 de março

O ex-magnata do cinema Harvey Weinstein, 67, que foi considerado culpado pelos crimes de estupro e agressão sexual nesta segunda (24) por um júri em Nova York, foi levado para um hospital da cidade hoje à noite enquanto autoridades o transportavam para o presídio de Rikers Island.

Um porta-voz de Weinstein confirmou a informação para a TV NBC de que o produtor foi levado para o Hospital Bellevue, mas não soube informar o motivo da mudança de rota.

Segundo a revista Variety, o motivo de terem levado o produtor condenado para o hospital foi que ele apresentou dores no peito.

O Departamento de Prisões do Estado de Nova York disse apenas que Weinstein segue preso e foi apenas transferido de local de custódia.

A pena de Weinstein será anunciada pela Justiça no dia 11 de março. Somadas, as penas por estupro e agressão sexual em Nova York, podem variar entre 6 anos e meio e 29 anos de prisão.

O julgamento levou seis semanas e os jurados levaram quatro dias para tomar uma decisão depois de ouvir seis mulheres que forneceram relatos de como ele, que por décadas foi uma das figuras mais poderosas da indústria cinematográfica, usou seu poder e influência para coagi-las a ter encontros sexuais não consensuais com ele. O caso foi considerado por muitos como um momento crucial para o movimento #MeToo.

O júri considerou o ex-produtor de cinema culpado pelo estupro de Jessica Mann, um ex-aspirante a atriz, e por agredir sexualmente Mimi Haley, assistente de produção do reality show Project Runway.

Weinstein foi absolvido de outras três acusações pelas quais era julgado. Durante o julgamento sua defesa tentou desqualificar as testemunhas.

Ao todo, mais de 80 mulheres acusaram o produtor ganhador do Oscar de assédio e ou abuso sexual ao longo de décadas.

Filmes e séries