PUBLICIDADE
Topo

Filmes e séries


David Schwimmer, o Ross: 'Friends' rompeu barreiras com casamento gay'

David Schwimmer interpretando Ross em cena de "Friends" - Reprodução
David Schwimmer interpretando Ross em cena de "Friends" Imagem: Reprodução

Do UOL, em São Paulo

28/01/2020 22h14

Friends tem milhões de fãs pelo mundo, mas é criticada por falta de diversidade entre os protagonistas - os seis principais são brancos, heterossexuais e magros. David Schwimmer, o Ross, admitiu que a série deveria ter tido elenco mais diversificado, mas que esteve muito à frente de seu tempo. Ele citou o casamento entre Carol e Susan como exemplo.

"A verdade é que a série rompeu barreiras na época pela forma como lidou tão casualmente com sexo, casamento gay e relacionamentos. No piloto [primeiro episódio, de 1994] da série, a mulher do meu personagem o deixou para ficar com uma mulher, e houve um casamento gay da minha ex com a mulher dela. E o meu personagem foi", disse ele ao "The Guardian".

"Eu sinto que o problema hoje é que pouca coisa é considerada em seu contexto. Você tem de olhar pelo ponto de vista do que a série estava tentando fazer naquela época. Eu sou a primeira pessoa a dizer que talvez algumas coisas tenham sido inapropriadas ou insensíveis, mas meu barômetro estava ótimo já naquela época. Eu já estava ligado a questões de igualdade", afirmou.

"É interessante ver como a série lidou com o judaísmo. Eu não acho revolucionário, mas eu fiquei feliz com o episódio festivo que não foi só sobre o Natal. Embora o Ross tenha usado uma fantasia no Hanucá, eu fiquei feliz por termos reconhecido as diferenças em como as religiões são vistas pelas pessoas", completou, referindo-se ao episódio 10 da 7ª temporada, de 2000.

Apesar de defender a série das críticas que são feitas hoje em dia, David Schwimmer reconhece que Friends poderia ter investido mais em diversidade. "Talvez devesse existir uma versão de Friends só com negros ou asiáticos. Mas eu tinha consciência da falta de diversidade e fiz campanha por anos para que o Ross namorasse mulheres de outras etnias. Uma das primeiras namoradas que eu tive na série era asiática [Julie], e mais tarde namorei uma mulher negra [Charlie]. Foi efeito de um empurrão muito consciente da minha parte", concluiu o ator, eternizado como Ross.

Filmes e séries