PUBLICIDADE
Topo

Com Marília Mendonça e música com cheiro de hit, Murilo Huff grava DVD

O sertanejo Murilo Huff grava DVD com participação de Marília Mendonça, em Goiânia - Flaney/Divulgação
O sertanejo Murilo Huff grava DVD com participação de Marília Mendonça, em Goiânia Imagem: Flaney/Divulgação

Michelle Rabelo

Colaboração para o UOL, de Goiânia

25/01/2020 04h00

Resumo da notícia

  • A cantora deu uma pausa na licença maternidade para gravar com o amado
  • Jorge, da dupla Jorge e Mateus, foi uma das atrações mais aguardadas
  • Henrique e Juliano também participaram de registro

Literalmente entre amigos, o goiano Murilo Huff gravou, na última quarta-feira (15), em Aparecida de Goiânia, o DVD Pra Ouvir Tomando Uma 2, segundo da carreira que vem construindo há pouco mais de um ano, quando, além de compor, decidiu também se lançar nos palcos. Fechado para convidados, o evento teve um tom intimista e, da plateia, rostos conhecidos pareciam presenciar a confirmação de um sucesso que estava predestinado.

É que mesmo num mercado tão disputado quanto o sertanejo, o nome por trás de sucessos como Dois Enganados e Idiota Favorito, tem particularidades: além de carisma, presença de palco e refrãos que grudam na cabeça, ele acumula parcerias estratégicas. Neste segundo registro ao vivo, por exemplo, Murilo recebeu no palco a dupla Henrique e Juliano, o cantor Jorge e a rainha do feminejo, Marília Mendonça —com quem Huff namora desde 2018 e acabou de ter um filho, o pequeno Léo.

O repertório contou com cinco canções que já estão estouradas pelo Brasil, como Voz Sem Violão, Inclusive Eu e Farmácia de Largado, além de nove músicas inéditas e um pot-pourri com clássicos do sertanejo romântico. Em entrevista ao UOL, o cantor disse que a seleção vem sendo feita desde abril do ano passado. "Assim que terminamos o primeiro DVD, comecei a buscar referências para este novo projeto. Queria fazer tudo com tempo porque acredito que o repertório é a parte mais importante de qualquer trabalho musical. Não importa se ele vai ser gravado em casa ou no melhor estúdio do Brasil. Música boa supera qualquer coisa".

Se o show da última quarta-feira (15) servir de termômetro, pode-se dizer que Murilo acertou em cheio. Frieza, canção que contou com a participação de Marília Mendonça, tem jeito de hit e fez muito marmanjo cantar com sentimento o refrão que fala sobre um relacionamento conturbado.

Flaney/Divulgação
Imagem: Flaney/Divulgação

Uma Ex, música que Huff dividiu com Jorge, da dupla Jorge e Mateus, não ficou atrás. No maior estilo "amor doído", a letra resgata na memória a namorada do passado que segue machucando até os corações mais racionais. "Quem não teve uma ex que nunca passou a vez", disse o sertanejo ao receber Jorge, sem Mateus, no palco. Durante o papo com o UOL, o sertanejo disse que sempre sonhou em ser gravado ou em gravar uma música com a dupla Jorge e Mateus, conhecidos pela carreira concisa iniciada, profissionalmente, em 2007. Não por acaso Uma Ex deve ser a nova canção de trabalho de Huff.

O repertório é a parte mais importante. Não importa se ele vai ser gravado em casa ou no melhor estúdio do Brasil. Música boa supera qualquer coisa

A participação de Jorge foi, inclusive, a mais esperada da noite, superando até mesmo o beijo e a declaração feita a Marília, que subiu no palco pela primeira vez depois do nascimento de Léo, fruto do relacionamento da cantora com Murilo.

Apesar dos planos, nenhuma música supera Desejando Eu, canção que Murilo apresentou ao público ao lado da dupla Henrique e Juliano. O sucesso foi tamanho que nos intervalos da gravação a plateia puxava o letra por conta própria. "Não tô te desejando mal, você não me entendeu / Eu só tô te desejando eu". Aliás, um aviso aos fãs do sertanejo: guardem esse refrão na memória, ele deve estourar nos próximos meses).

Fechando a gravação, um pot-pourri com modões românticos como Primeiro de Abril (Eduardo Costa) e Coração Bandido (Leonardo) —sofrência guiada pela sanfona e aliviada pela primeira dose da noite, afinal a seleção precisa ser ouvida "enquanto se toma a uma".

Flaney/Divulgação
Imagem: Flaney/Divulgação

Depois dos agradecimentos, o sertanejo fez questão de atender um por um dos convidados, tirar foto, abraçar e dizer que esperava muito menos. "Não imaginava a recepção do público, nem o calor estragou o clima. Missão cumprida", comemorou, ao brincar dizendo que estava "suando mais que tampa de marmita".

O menino sorridente (Murilo tem apenas 24 anos) parecia mesmo muito feliz. Talvez pela boa resposta do público, pelo abraço carinhoso do ídolo Jorge ou pelos elogios rasgados da namorada, que disse que o sertanejo é o "cara mais focado que ela já conheceu". Ou talvez porque Marília lembre Léo, segundo Huff, a mudança mais importante de sua vida até agora.

Sertanejo