PUBLICIDADE
Topo

Música


Eminem publica carta justificando novo álbum aos críticos

Do UOL, em São Paulo

23/01/2020 18h22

Cerca de uma semana após lançar, de surpresa, o mais novo álbum de sua carreira, o rapper norte-americano Eminem resolveu reagir às críticas que surgiram nas redes sociais. Nesta quinta-feira (23), o artista publicou uma carta no Instagram, em que justifica o conteúdo de Music to Be Murdered By ("Música para ser assassinado") aos fãs.

"No maravilhoso mundo de hoje, o assassinato tornou-se tão comum que somos uma sociedade fascinada por ele. Pensei, por que não tornar dele um esporte e assassinar nas batidas?", escreveu. "Esse álbum não foi feito para os mais sensíveis. (...) Certas coletâneas foram projetadas para chocar a consciência, o que pode causar uma ação positiva", prosseguiu.

Após o lançamento, surgiram críticas com relação ao conteúdo lírico do disco, que, como tantas outras obras de Eminem, contém letras e mensagens um tanto 'duras'. Há, por exemplo, piadas sobre o atentado de Manchester Arena, durante um show de Ariana Grande na Inglaterra, e o tiroteio no Festival Rota 91, em Las Vegas, nos Estados Unidos. Ambos, episódios de 2017.

Music to Be Murdered By conta com 20 faixas e diversas participações, como, por exemplo, as de Ed Sheeran, Anderson Paak e Q-Tip.

Confira abaixo a carta publicada por Eminem, na íntegra:

"Caro ouvinte,

No maravilhoso mundo de hoje, o assassinato tornou-se tão comum que somos uma sociedade obcecada e fascinada por ele. Pensei, por que não tornar dele um esporte e assassinar nas batidas? Portanto, antes de pegar a arma, permita que eu me explique.

Este álbum não foi feito para os mais sensíveis. Se você fica facilmente ofendido ou assustado com os gritos de um assassinato cruel, talvez, esta não seja uma coleção para você. Certas coletâneas foram projetadas para chocar a consciência, o que pode causar uma ação positiva. Infelizmente, a escuridão realmente caiu sobre nós.

Portanto, voce vê que o assassinato nem sempre é literal, nem agradável. Essas linhas são destinadas apenas às facas mais afiadas da gaveta. Para as vítimas deste álbum, descansem em paz. Para o resto de vocês, ouçam com mais atenção da próxima vez. Boa noite!

Com a mais profunda simpatia,

Eminem"

Música