PUBLICIDADE
Topo

Pop


Bieber diz que sofreu com doença de Lyme e rebate quem o chamou de viciado

Do UOL, em São Paulo

08/01/2020 16h49

O cantor Justin Bieber confirmou no Instagram que lutou ano passado contra a doença de Lyme, e rebateu aqueles que o criticaram pela sua aparência, dizendo que ele estava parecendo "uma merd* ou um viciado em metanfetamina".

Bieber afirmou ainda que teve um caso série de mononucleose crônica, que afetou sua "pele, funções cerebrais, energia e saúde de forma geral".

Mais detalhes serão revelados em um documentário que será divulgado no YouTube no dia 27 de janeiro. O projeto vai apresentar Justin, familiares e produtores discutindo os sintomas assustadores da doença de Lyme, como erupções cutâneas, dores de cabeça, febre e fadiga.

No post, o cantor afirmou ainda foi um processo de "superação" e que conseguir o tratamento correto o ajudou muito para lutar contra essa doença ainda incurável. "Eu vou voltar e melhor do que nunca!", escreveu.

Bieber foi flagrado em outubro de 2019 chorando ao sair de um hospital em Los Angeles. O documentário deixa claro que Justin estava realmente enfrentando uma depressão extrema, porque estava sofrendo e ninguém sabia o que havia de errado com ele.

Segundo o TMZ, a pele do cantor já está praticamente recuperada, e ele explica no documentário que está se preparando seu próximo álbum e turnê.

Avril Lavigne também contraiu doença de Lyme

Avril Lavigne - Reprodução
Avril Lavigne
Imagem: Reprodução
A doença de Lyme, transmitida por um carrapato, causa dores musculares severas, pode paralisar a face do paciente e causar palpitações cardíacas. O ator Alec Baldwin e a cantora Avril Lavigne são outras vítimas famosas. A artista canadense revelou o diagnóstico em 2015, um ano antes de ter percebido os primeiros sintomas.

"Eu visitei diversos médicos na turnê. Dizia para eles: Estou com dores, cansada, e não consigo sair da cama. O que está errado comigo?", contou à revista Billboard.

"Ao mesmo tempo, nas redes sociais, eu fingi uma certa coragem. Eu não queria que a doença fizesse parte da minha identidade. Então, quando eu conseguia levantar da cama, imediatamente me maquiava e tirava uma foto. Fingia que minha vida era maravilhosa", afirmou Avril.

Em uma noite, quando estava de cama e com sua mãe ao lado, Lavigne percebeu que estava com dificuldades para respirar. "Eu tinha aceitado que ia morrer. Eu senti, naquele momento, que eu estava embaixo d'água, tentando ir à superfície respirar. Então eu murmurei: 'Deus, mantenha minha cabeça acima da água'", disse.

Pop