PUBLICIDADE
Topo

Star Wars


Beijo gay em novo Star Wars foi censurado nos Emirados Árabes, diz site

Leia Organa (Carrie Fisher) e Rey (Daisy Ridley) em "Star Wars: A ascensão de Skywalker" - Divulgação
Leia Organa (Carrie Fisher) e Rey (Daisy Ridley) em "Star Wars: A ascensão de Skywalker" Imagem: Divulgação

Do UOL, em São Paulo

19/12/2019 16h48

Fontes do site Hollywood Reporter dão conta de que o trecho do filme Star Wars: A Ascensão Skywalker que mostra o primeiro beijo LGBT da franquia foi censurado nos Emirados Árabes.

A censura chama atenção porque o país é considerado mais tolerante que seus vizinhos do mundo árabe. Por isso, é possível que o corte aconteça em outros países.

Outros filmes também já foram censurados nos países árabes. Filmes inteiros de temática LGBT como Carol e O Segredo de Brokeback Mountain são completamente proibidos.

Até mesmo pantera Negra, outro filme da Disney, teve censurado um beijo entre Chadwick Boseman e Lupita Nyong'o.

Para efeito de comparação, o filme O Lobo de Wall Street teve cerca de 45 minutos de corte, de forma que o filme que chegou às telonas não fazia muito sentido.

Na China, onde a censura também é frequente e há limite para exibição de filmes internacionais, Star Wars: A Ascensão Skywalker estreou de forma completa.

Star Wars