PUBLICIDADE
Topo

Entretenimento


Bolsonaro diz que se ganhar recurso, Camargo voltará à Fundação Palmares

Sérgio Nascimento de Camargo, afastado da presidência da Fundação Palmares - Sérgio Nascimento de Camargo, presidente da Fundação Palmares [Imagem reprodução]
Sérgio Nascimento de Camargo, afastado da presidência da Fundação Palmares Imagem: Sérgio Nascimento de Camargo, presidente da Fundação Palmares [Imagem reprodução]

Do UOL, em São Paulo

13/12/2019 08h58

O presidente Jair Bolsonaro voltou a comentar o afastamento de Sérgio Camargo do comando da Fundação Cultural Palmares. Segundo Bolsonaro, o "afastamento se deu por causa de decisão judicial. Caso nosso recurso seja vitorioso, eu o reconduzirei à presidência da Fundação", postou ele no Facebook.

Camargo teve sua noemação para a presidência da Fundação suspensa após decisão da Justiça. A medida foi publicada em edição extra do Diário Oficial da União da quarta-feira.

Na semana passada, o juiz Emanuel José Matia Guerra, da 18ª Vara Federal do Ceará decidiu suspender a nomeação de Camargo, acatando uma ação civil movida pelo advogado Helio de Souza Costa.

A Fundação Palmares é o órgão responsável por criar políticas públicas para promover a cultura afro-brasileira.

Camargo havia sido indicado ao cargo no último dia 27 de novembro e causou rejeição na população por conta de suas publicações de ataques a personalidades e ao movimento negro.

Ele chegou a se posicionar contra as cotas raciais, o Dia da Consciência Negra e a vereadora Marielle Franco que foi assassinada no ano passado.

Entretenimento