PUBLICIDADE
Topo

Música de Mano Brown sobre game vira debate e tem apoio de Emicida e Haddad

O rapper Mano Brown - reprodução/Instagram/Kondzilla
O rapper Mano Brown Imagem: reprodução/Instagram/Kondzilla

Do UOL, em São Paulo

07/12/2019 20h54

Mano Brown se viu no meio de uma polêmica, um dia depois do lançamento do clipe de "Zé Guaritinha", música gravada com MC Jottapê inspirada no game Free Fire. De um lado, há quem acredite que o rap deveria focar em denunciar mazelas sociais, mas outros dizem que o cantor tem direito de ser pago por trabalhos que não falem apenas sobre dor e racismo.

O debate foi tão longe que entrou entre os principais assuntos do Twitter. Até o momento da publicação desta nota, Mano Brown não se manifestou sobre o tema, mas a rede social já se dividiu em opiniões de todos os tipos. Emicida, por exemplo, usou seu perfil para defender o colega e elogiá-lo.

"Brown é visionário. Free Fire é #1 entre as camadas menos abastadas da população. Conectou os novinho [sic], trouxe a raiz, camisa 10 sagrada no século 21. Se eu fosse vocês, prestava atenção e tentava aprender alguma coisa", escreveu Emicida.

A letra foi composta por Emicida com Felipe Junqueira e Samuel Ferrari, e o clipe é uma produção de Kondzilla em parceria com a Garena, produtora do game. Até mesmo Fernando Haddad, ex-prefeito de São Paulo e ex-candidato à presidência da República pelo PT, se rendeu à música. "Mano Brown e Jottapê mandaram muito!", escreveu o petista no Twitter.

Alguns se decepcionaram com o rapper por considerarem a música "boba", mas uma fã argumentou com este trecho da letra:

"Se a vida é um game
Aperta o play, cause
O inimigo quer me dar pause
Cruzamos favelas
Passamos em telas
Desde o tempo da lanhouse
Eram sonhadores com um mouse
Planejando impérios em escombros
Flutua igual Mohammed Ali
Com peso do mundo sobre os ombros"

Confira alguns comentários:

"Início da música > Quer falar comigo, me chama mais tarde, porque agora eu tô jogando Free Fire.
Mano Brown, que já cantou Negro Drama' e faz parte da Racionais MC's, cantando uma musiquinha de 'Fri Faire' é a prova de que 2019 não deu certo"

"O cara tem que trabalhar, cara"

"E pode trabalhar, tem muita mazela social pra ser denunciada através de música. Não julgo, mas também não vou aplaudir."

"Para quem está surpreso com a nova música do Mano Brown. Na última turnê do Racionais MC's, ele já se mostrava indignado por ter que escrever 'música de protesto' no contexto atual"

"A prova de que 2019 deu errado não é o Brown ter feito música pro Free Fire, é ter 'nego' criticando o Brown por ele fazer o que ele bem entende"

"Mano Brown não é obrigado a cantar Nego Drama todo dia, parece que as pessoas acham que o rapper tem que ser uma tecla só"

"Agora Mano Brown vai ter que cantar só o que você quer agora, né, raio de sol... Que mania de achar que preto só pode falar sobre uma coisa. Também somos do entretenimento, também temos o DIREITO de falar sobre coisas leves e despretensiosas. Nossas vidas já são pesadas demais"

"Tipo assim, eu não vou criticar, ele precisa trabalhar. Mas Free Fire, mano? Fazia de um jogo mais legal, né"

"Querem que Mano Brown escreva só música de protesto, relatando a violência, mas não faz nada pra essa situação mudar. Não chega junto com movimentos sociais, não vai em ato do movimento negro, não ajuda nenhum projeto dos pretos. No fim, só quer escutar que a gente morre e tá na m... mesmo"

"Além do mais, a produção do Mano Brown é visionária! A juventude precisa conhecer Mano Brown. Vocês acham que isso vai acontecer a partir de um monte de gente chata que nem vocês, ou junto de outros jovens?"

"O Mano Brown tem carta branca na música. Se ele quiser fazer a trilha sonora da Galinha Pintadinha ou rimar sobre infecção de urina, ele pode"

Confira o clipe de "Zé Guaritinha:

Rap nacional