PUBLICIDADE
Topo

Entretenimento


Daniela Mercury lamenta morte de dançarino que participou de seu clipe

Marcos Paulo dos Santos Ramos no lyric vídeo da música Samba Presidente, de Daniele Mercury - Reprodução
Marcos Paulo dos Santos Ramos no lyric vídeo da música Samba Presidente, de Daniele Mercury Imagem: Reprodução

Do UOL, em São Paulo

06/12/2019 10h04

A cantora Daniela Mercury comentou ontem a morte de um bailarino que participou de um de seus clipes, Samba Presidente, em 2018. Marcos Paulo dos Santos Ramos, de 18 anos, morreu após ser atingido por tiros em Salvador.

"Eu não conheci Marcos pessoalmente, mas vi as imagens de quando ele fez uma participação no lyric vídeo de Samba Presidente! O lyric vídeo não teve a minha participação. Marcos tinha uma elasticidade impressionante e muito talento para dançar. Estou muito sentida", disse a cantora em um comunicado divulgado pela assessoria.

A baiana ainda destacou o alto número de jovens negros mortos na periferia, o que ela vê como "massacre", e se solidarizou com a família do dançarino.

"Os assassinatos de jovens negros e pobres no Brasil têm números alarmantes e precisamos acabar com isso. É um massacre o que acontece nesse país com a população negra. Eu me coloco, como sempre me coloquei, à disposição para participar dessa luta no Brasil. Não podemos fingir que não estamos vendo", disse ela.

Segundo informações do jornal Correio da Bahia, criminosos passaram atirando no local onde Marcos estava, no bairro de São João do Cabrito. Outra pessoa também ficou ferida. O caso está sendo investigado pela Polícia Civil.

Marcos era conhecido na comunidade pelas apresentações com o grupo de funk As Abusadas. Eles se apresentavam constantemente no bairro e programas de TV. Algumas das apresentações estão disponíveis na página do grupo no YouTube.

Veja o comunicado de Daniela Mercury na íntegra:

"Eu sinto muitíssimo a morte precoce de um jovem de 18 anos. Eu não conheci Marcos pessoalmente, mas vi as imagens de quando ele fez uma participação no lyric vídeo de Samba Presidente! O lyric vídeo não teve a minha participação. Escolhemos colocar a drag queen Petra Peron para me interpretar. Marcos tinha uma elasticidade impressionante e muito talento para dançar. Estou muito sentida. Mas há também algo que temos que falar: Os assassinatos de jovens negros e pobres no Brasil têm números alarmantes e precisamos acabar com isso. É um massacre o que acontece nesse país com a população negra. Eu me coloco, como sempre me coloquei, à disposição para participar dessa luta no Brasil. Não podemos fingir que não estamos vendo. É revoltante ver isso, ver o sofrimento da família de Marcos. Sinto muito mesmo e espero que o assassino seja identificado e preso. Um beijo especial para a mãe dele e para toda família".

Abaixo, o clipe Samba Presidente:

Entretenimento