Topo

Música


Roberto Carlos: show em 3D chega aos cinemas após "pente-fino" do Rei

Cena de Roberto Carlos em Jerusalém 3D - Claudia Schembri/Red
Cena de Roberto Carlos em Jerusalém 3D Imagem: Claudia Schembri/Red

Marcela Ribeiro

Do UOL, no Rio

03/12/2019 15h47

Resumo da notícia

  • Roberto Carlos lança nos cinemas um show em 3D gravado em Jerusalém em 2011
  • A apresentação será exibida em mais de 200 salas de cinema do Brasil de 6 a 8/12
  • O making off do show mostra a fé de Roberto em muitos momentos na Terra Santa
  • Roberto Carlos canta em português, espanhol, inglês, italiano e até em hebraico os clássicos da sua carreira

Enquanto artistas do funk e sertanejo investem cada vez mais na tecnologia em seus shows, o veterano Roberto Carlos não ficou para trás ao lançar nos cinemas um show em 3D gravado em Jerusalém em 2011 que será exibido nos dias 6, 7 e 8 de dezembro em mais de 200 salas do país. O projeto, dirigido por Jayme Monjardim e que foi ao ar no especial da Globo no mesmo ano, demorou para chegar às telonas por um motivo especial.

"O Roberto gosta de acompanhar de perto todos os seus projetos, com o show em 3D não foi diferente, ele quis ver todos os detalhes e, como ele tem uma agenda atribulada, tudo foi feito vagarosamente", explicou a assessoria do cantor.

Roberto esteve na sessão especial de lançamento do show, na noite de ontem no Cine Odeon, centro do Rio, seguindo a tradição de vestir calça e camisa azul clara. Um colete branco completou o visual. A parte inferior da tela foi coberta de azul especialmente para o rei, que assistiu ao show em uma poltrona no meio do cinema, cercado por uma plateia de convidados, que incluíam famosos, como Cid Moreira, Boni, Boninho, Ana Furtado, Glória Perez e Isabel Filardis.

"É o mesmo Roberto Carlos de sempre", minimizou ele quando perguntado se está mais moderninho ao lançar o projeto.

"Tudo aquilo que fiz lá, tudo o que visitei, tudo é emoção neste trabalho, naquele show e no que fiz em Jerusalém", completou.

O making off mostra a fé de Roberto em muitos momentos. Ele aparece rezando diante do monte das oliveiras, onde Jesus Cristo fez sua última oração. "O Roberto sentiu aquela energia daquela árvore de mais de 2000 anos", contou o diretor Jayme Monjardim.

"É um projeto que a gente acabou transformando todo em 3D, além de ter todo um making off inédito. A gente está precisando de projetos mais emocionais, com cara de fim de ano, acho que o Roberto em Jerusalém tem muito essa pegada emocional. Foi feito com muito amor e carinho, todo mundo sempre se identificou muito com esse projeto, ele é um marco pra sempre. Poder exibir ele no cinema em 3D é diferente, uma outra dimensão", completou o diretor.

No show, Roberto Carlos canta em português, espanhol, inglês, italiano e até em hebraico os clássicos da sua carreira como Emoções, Além do Horizonte, Como é Grande Meu Amor por Você, Detalhes e Jesus Cristo, acompanhado de sua orquestra de 17 músicos sob regência de Eduardo Lages, e de 12 músicos israelenses.

Gloria Maria e Roberto Carlos na sessão especial em 3D do show do cantor em Jerusalém no Cine Odeon, no Rio - Roberto Filho/ Brazil News
Gloria Maria e Roberto Carlos na sessão especial em 3D do show do cantor em Jerusalém no Cine Odeon, no Rio
Imagem: Roberto Filho/ Brazil News

Gloria Maria apresentou o show em 2011 e prestigiou o lançamento no cinema em sua primeira aparição após se submeter a uma cirurgia para retirada de um tumor do cérebro. Emocionada, a jornalista contou que o cantor foi a primeira pessoa a ligar para ela quando estava internada no CTI.

"A primeira ligação que recebi quando não sabia o que seria da minha vida foi desse rapaz aqui. Isso foi um momento lindo. Você me ajudou, me iluminou. Você me deu energia e paz para poder estar aqui hoje", disse.

"Você é de uma força impressionante. Nem parece que levou uma pancada, essa coisa toda, né?", disse Roberto.

"Para você, fiz um intensivão, juntei todas as fases da minha vida e disse: 'É para o rei'", respondeu Gloria.

Especial da Globo

Roberto Carlos na sessão especial de "Roberto Carlos em Jerusalém 3D" - Roberto Filho/Brazil News
Roberto Carlos na sessão especial de "Roberto Carlos em Jerusalém 3D"
Imagem: Roberto Filho/Brazil News

Roberto falou sobre seu especial de fim de ano da Globo, que este ano foi feito de forma diferente, com a junção de trechos de shows do cantor pelo mundo.

"A única coisa é que o especial foi gravado nas duas turnês que fiz nos Estados Unidos e Europa, mas anteontem, em Curitiba, na Ópera do Arame, nós fizemos o final do especial, que deveria ter feito na Globo. O especial é o mesmo, só que foi gravado de forma diferente", disse ele, que considerou positiva a mudança.

"Acho que foi bom porque é diferente de tudo o que a gente fez. Neste especial canto bastante em espanhol, inglês também, francês só canto uma música."

Apesar de estar no ar na tela da Globo há mais de 40 anos, o artista diz que sente ansiedade até que tudo fique pronto.

"É uma emoção que me faz muito bem gravar esse especial todo fim do ano, eu fico muito nervoso antes, durante, mas é um nervosismo muito bom porque é apoiado por toda essa emoção."

Música