Topo

Entretenimento


Rainha Elizabeth proíbe príncipe Andrew de conhecer Donald Trump

Príncipe Andrew, filhp da rainha Elizabeth 2ª - Lillian Suwanrumpha/AFP
Príncipe Andrew, filhp da rainha Elizabeth 2ª Imagem: Lillian Suwanrumpha/AFP

Do UOL, em São Paulo

27/11/2019 10h54

O príncipe Andrew, duque de York e filho da rainha Elizabeth 2ª, foi proibido de conhecer o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, de acordo com informações do site Mail Online.

A família real irá receber no Palácio de Buckingham lideranças que estarão em Londres na terça-feira (3) para participar de uma cúpula da Otan (Organização do Tratado do Atlântico Norte), mas o nome de Andrew não aparece na lista de personalidades reais que participarão dos eventos.

O motivo é o envolvimento do príncipe com o empresário Jeffrey Epstein, acusado de crimes sexuais. Em uma entrevista considerada desastrosa à BBC, Andrew deixou de mostrar simpatia pelas vítimas de Epstein e ainda afirmou que visitou o amigo, quando este foi liberado da prisão, porque achava "honroso" encontrá-lo para dizer que não poderiam mais manter a amizade.

Como consequência, Andrew foi abandonado por muitas instituições de caridade e mecenatos oficiais.

Na próxima segunda-feira, a BBC deve entrevistar Virginia Roberts, uma das vítimas de Epstein que acusou o príncipe de fazer sexo com ela três vezes, sendo que ela tinha apenas 17 anos em uma delas. Andrew sempre negou qualquer irregularidade.

Um porta-voz do Palácio de Buckingham disse ao Mail Online: "O duque de York recuou dos deveres públicos oficiais".

Entretenimento