Topo

Filmes e séries


Filme da Apple cancela première após personagem real ser acusado de abuso

Anthony Mackie e Samuel L. Jackson em cena de The Banker, da Apple - Divulgação/IMDb
Anthony Mackie e Samuel L. Jackson em cena de The Banker, da Apple Imagem: Divulgação/IMDb

Do UOL, em São Paulo

21/11/2019 08h35

Resumo da notícia

  • Apple cancelou a première de The Banker no AFI Film Festival, que ocorreria ontem
  • Bernard Garrett Jr, filho do protagonista real da trama, foi acusado de abuso sexual
  • Empresa disse que "precisa de tempo para decidir os próximos passos"

O filme The Banker, primeiro longa-metragem original da Apple, teve a sua première no AFI Film Festival cancelada pela empresa. Segundo o The Hollywood Reporter, o cancelamento é um reação direta a acusações de abuso contra Bernard Garrett Jr, um personagem real retratado no longa.

Garrett Jr. é filho do protagonista da trama, Bernard Garrett, vivido por Anthony Mackie. Duas meias-irmãs do rapaz, ambas 15 anos mais novas que ele, alegam que sofreram abusos durante os anos em que a família morava sob o mesmo teto.

Elas apontam também que o filme muda a linha do tempo da história real para mostrar Bernard Garrett casado com sua primeira mulher, mãe de Garrett Jr. Na realidade, segundo elas, os eventos do filme ocorreram quando ele já estava divorciado.

Em The Banker, acompanhamos a história de Garrett e Joe Morris (Samuel L. Jackson), homens de negócios que se juntam para tentar enganar um sistema bancário que discriminava contra pessoas negras.

Eles contratam um homem branco, Matt (Nicholas Hoult) para ser o "rosto" de sua empresa enquanto comandam tudo dos bastidores. O filme ainda não tem data marcada para chegar aos cinemas.

A Apple não comentou sobre o caso. Ao cancelar a première, a empresa disse apenas que "foi informada de alguns problemas com o filme na semana passada", e que "precisa de um tempo para pensar, junto com os produtores, quais são os próximos passos" para The Banker.

Filmes e séries