Topo

Música


Lucas do Fresno encontra Glenn: "Tive que explicar que 'emo' é pejorativo"

Do UOL, em São Paulo

18/11/2019 11h04

Lucas Silveira, vocalista do Fresno, relatou no Instagram o seu encontro com Glenn Greenwald. O músico contou que precisou explicar para o jornalista, que nasceu nos EUA, porque no Brasil o termo "emo" podia ser usado de forma pejorativa.

"O Glenn não entendia porque gostar de Fresno fazia dele um 'emo'. Passamos uma tarde falando sobre isso e muitas outras coisas. É muito curioso explicar para alguém 'de fora' porque esse rótulo já foi pejorativo", comentou na legenda do registro do encontro no Instagram.

"É impossível falar disso sem passarmos por pautas tão presentes na sociedade hoje, como masculinidade tóxica e homofobia. Isso sem falar no paradoxo do 'roqueiro conservador'. Aí relatei que, por muitos anos, a vulnerabilidade de um homem, inclusive na arte era inversamente proporcional à sua masculinidade percebida", disse ainda Silveira.

"Tem coisas que só se mostram surreais quando verbalizadas. Parece mentira tudo que está acontecendo no Brasil, quando a gente conta para alguém. Também é surreal dizer que alguém da dimensão desse cara possa ser tão solícito, real, e são", continuou.

"Obrigado pela recepção que tu e o David Miranda [marido de Greenwald e deputado federal] me deram (e os 28 cachorros). Beijo nas crias, e até a próxima", completou.

Música