PUBLICIDADE
Topo

Bolsonaro exonera presidente da Funarte

Onyx Lorenzoni (DEM-RS) e Jair Bolsonaro (PSL) -
Onyx Lorenzoni (DEM-RS) e Jair Bolsonaro (PSL)

Do UOL, em São Paulo

04/11/2019 10h59

O presidente Jair Bolsonaro (PSL) exonerou nesta segunda-feira o pianista Miguel Proença do posto de presidente da Funarte (Fundação Nacional de Artes). A demissão, assinada pelo ministro Onyx Lorenzoni (DEM-RS), da Casa Civil, foi publicada no Diário Oficial da União.

Segundo informações da Folha de S.Paulo, o principal cotado para substitui-lo é o atual diretor do Centro de Artes Cênicas, o dramaturgo bolsonarista Roberto Alvim.

Alvim ganhou mais simpatia de Bolsonaro ao protagonizar um embate público com a atriz Fernanda Montenegro, usando redes sociais para atacá-la. Na época, ele disse sentir "desprezo" pela atriz e a acusou de ser "mentirosa".

O episódio ocorreu após Fernanda Montenegro pousar para a capa da revista Quatro Cinco Um vestida de bruxa diante de uma fogueira de livros.

A Associação dos Produtores de Teatro emitiu nota, à época, repudiando as declarações do dramaturgo.

Entretenimento