Topo

Música


Criticada por fãs de Anitta, Ludmilla reivindica direito de celebrar feitos

Ludmilla chora ao vencer o Prêmio Multishow de melhor cantora do ano - Divulgação/Multishow
Ludmilla chora ao vencer o Prêmio Multishow de melhor cantora do ano Imagem: Divulgação/Multishow

Colaboração para o UOL

31/10/2019 15h40

Ludmilla foi ao Twitter mandar uma mensagem a seus críticos: não vai se calar. A artista, que sofreu vaias de fãs de Anitta ao subir ao palco do Prêmio Multishow, na terça (29), para receber sozinha o prêmio de melhor Música Chiclete por "Onda Diferente", desabafou sobre a situação.

A funkeira deu retuíte no post de um seguidor, que dizia: "Ludmilla não pode comemorar a Ivete cantando sua composição. Ludmilla não pode comemorar seus prêmios. Ludmilla não pode comemorar seus feitos. Ludmilla não pode isso, não pode aquilo. Que m.... Sociedade racista que o tempo todo tenta calar a voz do negro em qualquer situação".

"Só li verdades, porém jamais irão me calar", escreveu a artista ao compartilhar o texto. Ela postou, ainda, a imagem de um punho negro cerrado.

Em setembro, Ludmilla foi criticada por fãs de Anitta quando comemorou, nas redes sociais, o fato de Ivete Sangalo ter cantado "Onda Diferente" no Rock in Rio, música de sua autoria. Eles reclamavam que Ludmilla não citou Anitta como coautora da música.

Ludmilla descobriu, então, que os direitos autorais da música eram divididos com Anitta, que gravou a canção para o disco "Kisses". Ela se aborreceu com o fato de a Poderosa, segundo ela, não ter deixado isso claro quando registrou a canção.

No Prêmio Multishow 2019, Lud recebeu sozinha, no palco do evento, o prêmio de melhor Música Chiclete por "Onda Diferente". Ela também venceu o prêmio de melhor Cantora, ao qual Anitta também concorreu.

Música