Topo

Pop


Taylor Swift: Processo de plágio por Shake It Off voltará a julgamento

Do UOL, em São Paulo

29/10/2019 13h15

Um processo de plágio contra Taylor Swift e seus colaboradores na confecção do hit Shake it Off foi revivido e vai voltar a julgamento.

Segundo a revista Rolling Stone, os compositores Sean Hall e Nathan Butler acusaram Swift e companhia de roubarem versos inteiros de sua música Playas Gon' Play, de 2001.

Em fevereiro do ano passado, um juiz da Corte Distrital dos EUA declarou o processo inválido. Segundo ele, os versos supostamente copiados por Swift, como "players gonna play" e "haters gonna hate" ("jogadores vão jogar" e "haters vão odiar", em tradução livre) na verdade faziam parte do vocabulário popular tanto em 2001 quanto em 2014.

Em um apelo dos advogados de Hall e Butler, no entanto, um painel de juízes acabou decidindo que o processo deveria ir a julgamento. Segundo a nova decisão, não cabe a nenhum juiz decidir o que é trabalho criativo (cuja cópia pode ser considerada plágio) e o que é vocabulário popular.

Ao invalidar o processo originalmente, o juiz do caso se colocou como "ábritro final do que é expressivo ou não", segundo o painel, o que não faz parte das funções do magistrado. Ainda não há data marcada para o novo julgamento.

Pop