Topo

Pop


Acústico MTV volta com Tiago Iorc: "novos" artistas que amaríamos ver no formato

Tiago Iorc grava o especial Acústico MTV em um estúdio de São Paulo - Divulgação/MTV/Marcos Hermes
Tiago Iorc grava o especial Acústico MTV em um estúdio de São Paulo
Imagem: Divulgação/MTV/Marcos Hermes

Renata Nogueira

Do UOL, em São Paulo

19/09/2019 04h00

O Acústico MTV Tiago Iorc vai ao ar hoje a partir das 22h. O show inédito, gravado em São Paulo no final de maio, marca também o retorno do formato após um hiato de oito anos no país.

Iorc apresentará 11 faixas no show entre novidades de disco Reconstrução, versões como Bellyache, de Billie Eilish, e sucessos da carreira como Coisa Linda e Amei Te Ver. O show completo estará disponível no MTV Play após o término da exibição na TV e o disco será lançado à meia-noite em todos os serviços de streaming de música.

Iniciado em 1990 no Brasil, o Acústico MTV tinha o mesmo formato da versão americana e mobilizou nomes de destaque do cenário nacional, dando novo gás para diversas bandas. As gravações renderam grandes sucessos de vendas, casos de Titãs, Legião Urbana, Lulu Santos, Cássia Eller e Kid Abelha. A última edição do Acústico MTV foi feita em 2011, com Arnaldo Antunes.

Para compensar os oito anos sem o Acústico MTV, selecionamos oito artistas que surgiram nesse período e que, assim como Tiago Iorc, mereceriam sua própria versão voz e violão. Veja:

Anitta

Anitta ganhou o mundo em menos de uma década de carreira - João Alvarez/UOL
Anitta ganhou o mundo em menos de uma década de carreira
Imagem: João Alvarez/UOL

Quando pensamos em Anitta não dá nem para acreditar que o primeiro grande sucesso dela, Show das Poderosas, só existe há seis anos. Desde então, a cantora já fez tantas coisas diferentes que só falta mesmo um Acústico MTV na carreira dela. Vale lembrar que o próprio Tiago Iorc chegou a gravar uma versão voz e violão de Bang no estúdio do UOL. Seria bem interessante ver Anitta cantando Vai Malandra e Onda Diferente sentada em um banquinho.

Marília Mendonça

A cantora sertaneja Marília Mendonça em um show recente no Rio de Janeiro - divulgação/ @randesfilho
A cantora sertaneja Marília Mendonça em um show recente no Rio de Janeiro
Imagem: divulgação/ @randesfilho

É uma sofrência atrás da outra desde 2015. Antes mesmo de se lançar como cantora, Marília Mendonça já arrasava como compositora e tem repertório mais que suficiente para conduzir uma plateia com versões tranquilinhas de suas cantorias. Musa absoluta do feminejo, a cantora ainda poderia receber vários convidados na sua edição do Acústico MTV. Desafio maior seria achar arranjos diferentes para as músicas que já abusam do vozeirão e do violão da cantora.

Iza

A cantora e apresentadora Iza nos bastidores do Música Boa Ao Vivo - Iwi Onodera/UOL
A cantora e apresentadora Iza nos bastidores do Música Boa Ao Vivo
Imagem: Iwi Onodera/UOL

Iza chegou chegando com seu Bonde Pesadão e trouxe uma vibe diferente para a música pop brasileira. Tanto que mesmo com pouco tempo de carreira já assumiu postos importantes como o de técnica do The Voice Brasil, na Globo, e apresentadora do Música Boa Ao Vivo, no Multishow. Versátil, a cantora vai da animada Ginga a profunda Dona de Mim. Ela também se destacou no início da carreira com covers de divas internacionais como Beyoncé, Rihanna e Nina Simone que dariam um toque glamuroso no repertório de seu Acústico MTV.

Kevinho

Kevinho: funkeiro é conhecido como o moleque dos hits - Mariana Pekin/UOL
Kevinho: funkeiro é conhecido como o moleque dos hits
Imagem: Mariana Pekin/UOL

O moleque dos hits faria umas das versões mais divertidas e desafiadoras do Acústico MTV transformando seus funks em versões voz e violão. Olha A Explosão, O Grave Bater, Encaixa, Rabiola, Ta Tum Tum, Papum, O Bebê, Terremoto, Cê Acredita e Uma Nora Pra Cada Dia já fechariam um acústico de Kevinho, outro artista que poderia receber convidados de peso, como Simone e Simaria, Matheus e Kauan, Léo Santana e a própria Anitta.

Sandy solo

Sandy no show da turnê Nossa História no Allianz Parque, em São Paulo - Mariana Pekin/UOL
Sandy no show da turnê Nossa História no Allianz Parque, em São Paulo
Imagem: Mariana Pekin/UOL

Sandy já tem na sua carreira um Acústico MTV gravado com o seu irmão, Junior, que marcou o fim da dupla em 2007. Portanto, nada mais justo do que fazer mais uma versão do formato somente com suas músicas da carreira solo - que entre 2010 e 2018 rendeu três álbuns de estúdio, dois álbuns ao vivo e três EPs. Seria uma boa forma de agradar os fãs depois do fim da turnê Nossa História, que acaba em 9 de novembro no Rio.

Anavitória

Vitória Falcão e Ana Caetano, o duo Anavitória - Pedro Bucher/Reprodução/Instagram
Vitória Falcão e Ana Caetano, o duo Anavitória
Imagem: Pedro Bucher/Reprodução/Instagram

Formado por Ana Caetano e Vitória Falcão, o duo de Tocantins é um dos principais representantes da geração good vibes que tomou as rádios e ganhou bastante popularidade nos últimos anos. Multi talentosas, as meninas emplacaram vários sucessos e ganharam até mesmo um filme próprio com apenas quatro anos de carreira. Nomes como Vitor Kley, Melim e Outro Eu poderiam se juntar a elas para algumas faixas do Acústico MTV mais tranquilão de todos os tempos.

Projota

O músico e produtor Projota - Mariana Pekin/UOL
O músico e produtor Projota
Imagem: Mariana Pekin/UOL

O primeiro disco de estúdio do rapper da massa só veio em 2014, ou seja, três anos depois do fim do Acústico MTV. O disco já tinha participações para lá de especiais como as de Marcelo D2, Negra Li, Dado Villa-Lobos e J Balvin. Desde então, o rapper da zona norte de São Paulo cresceu cada vez mais no mainstream e ainda faria parcerias com Mano Brown, Karol Conka, Rashid e as meninas do Anavitória, entre outros. Pela sua versatilidade, Projota seria um ótimo representante para fazer suas rimas acompanhadas de voz e violão.

Drags (Pabllo Vittar, Glória Groove e Aretuza Lovi)

Pabllo Vittar, Aretuza Lovi e Gloria Groove, a "santíssima trindade" das cantoras drag queens - Reprodução/Instagram
Pabllo Vittar, Aretuza Lovi e Gloria Groove, a "santíssima trindade" das cantoras drag queens
Imagem: Reprodução/Instagram

Outro movimento que cresceu bastante no período que ficamos sem o Acústico MTV foi o das cantoras drag queens. Pabllo Vittar é uma das principais representantes, mas não podemos ignorar o vozeirão de Gloria Groove nem a animação de Aretuza Lovi. Como será que ficaria a versão acústica do hit Joga A Bunda? Além dos sucessos individuais de cada uma das artistas, Pabllo Vittar poderia incluir no repertório a sua versão de Summertime Sadness, de Lana Del Rey, e Gloria Groove a de Back To Black, de Amy Winehouse.

Pop