Topo

Música


Locutor de rádio se recusa a tocar Pabllo Vittar ao vivo e fãs o acusam de homofobia

Reprodução/Instagram
Imagem: Reprodução/Instagram

Do UOL, em São Paulo

11/09/2019 20h32

Um áudio envolvendo Emerson Antunes, locutor da rádio Panorama, em Itapejara D'oeste, no Paraná, e Pabllo Vittar gerou o repúdio da comunidade LGBTQ nas redes sociais. Nele, o radialista se recusa a tocar uma música da drag queen ao vivo, após o pedido de dois ouvintes.

Nas gravações, já espalhadas nas redes sociais, o primeiro fã pede uma música do artista e ganha a negativa de Emerson, acompanhada de risadas apontadas como deboche ao fundo.

"Pabllo Vittar, é isso mesmo? Pabllo Vittar não vai rolar, não hein. Vamos fazer o seguinte, troca aí por uma música boa, por um cantor bom, né? Nada contra o Pabllo Vittar, em hipótese nenhuma, mas sim contra as músicas que ele canta. Não vai rolar, essa eu vou passar", disse.

Na segunda, ele continua a se recusar a tocar a música da estrela pop brasileira. Em determinado momento, ele diz que deixou de reproduzir suas faixas depois de "descobrir como ele se apresentava".

"Rapaz, tem gente que gosta da Pabllo Vittar ainda? Tem né, se tem gente pedindo é porque tem ainda, né? Eu acho que vou morrer e não vou ver tudo. Uma vez eu até toquei aqui o tal do Pabllo Vittar, mas aí eu comecei a prestar atenção, por eu não conhecia, né? Depois que eu descobri a forma ele se apresentava, aí não rolou mais. Pabllo Vittar não adianta pedir, porque eu não vou. Nada contra o cantor, em hipótese alguma, mas a questão é que ela vozinha dele não fechou".

No Twitter, diversas pessoas se manifestaram contra a atitude do radialista. Enquanto alguns notaram intolerância em seu discurso, outros se manifestaram contra a sua decisão de atender o pedido de ouvintes, seja qual fosse.

Música