Topo

Luan Santana diz que a música mais tocada do Brasil foi feita em 5 minutos

Luan Santana e Jade Magalhães no lançamento do DVD Viva, em São Paulo - Clayton Felizardo/Brazil News
Luan Santana e Jade Magalhães no lançamento do DVD Viva, em São Paulo Imagem: Clayton Felizardo/Brazil News

Renata Nogueira

Do UOL, em São Paulo

22/08/2019 20h15

Luan Santana fez "Quando a Bad Bater" em cinco minutos, em um quarto de hotel, enquanto esperava a namorada secar o cabelo. A música, que é a mais tocada no Brasil no Spotify, é também o primeiro single de "Viva", seu novo DVD que acaba de ser lançado no streaming. O DVD completo chega amanhã direto na GloboPlay, em uma parceria inédita do cantor com o serviço de vídeos da Globo.

"Quando a Bad Bater eu fiz enquanto a Jade estava secando o cabelo. Lembro do quarto do hotel, mas não lembro da cidade. Foi no meio da turnê, três da tarde. Ela estava fazendo escova, aí peguei o violão e eu lembro que eu ia gravar, ela ligava o secador e eu anotava no celular para não esquecer. Fiquei nessa até ela terminar de secar o cabelo", conta Luan em entrevista exclusiva ao UOL.

O cantor disse ainda que só botou fé na composição depois que viu a música pronta. "Quando a música saiu, comparei com várias outras músicas que eu já tinha. Não vi muita coisa especial nela. Mas geralmente os grandes sucessos são assim. Depois de produzir, depois do arranjo, eu vi que poderia ter muito potencial. Fiz em 5 minutos, foi muito rápido", confessa.

Além de "Quando a Bad Bater", Luan chega com mais 11 músicas inéditas no projeto, que também traz outras 5 regravações ao vivo que já faziam parte do repertório dele. "Eu sempre compus. Desde o meu primeiro trabalho tem várias ao longo da carreira. Mas os artistas costumam deixar esse lado da composição de lado até por cansar de ter inspiração. Eu tenho momentos em que componho mais do que outros. E é muito gostoso quando a gente acerta a mão."

Rede Social

O DVD "Viva" traz uma temática que fala sobre viver a vida fora das redes sociais. Para Luan, é importante tirar um tempo para manter a saúde mental em dia.

"Nós artistas temos uma opinião e as pessoas se influenciam. Então, cada vez mais, a gente tem que falar de coisa boa. O Viva fala de amor, das pessoas que você ama. Pensar em desligar o celular um pouco. É muito difícil a gente viver a vida de outras pessoas, todo mundo ali no seu feed, acompanha cada passo. E as pessoas postam só as coisas boas, então você para para pensar na sua vida e pensa que a sua é pior que a de outra pessoa. Ele filma uma hora do dia dele e você acha que é o dia inteiro. A gente tem que cuidar muito da nossa cabeça e saber impor os nossos limites", comenta.

Acidente em MT

No sábado (17), a equipe de Luan Santana se envolveu em um acidente em MT, quando a van em que o cantor estava foi atingida na traseira.

"A gente leva uma vida de estrada e tem vários exemplos de artistas que se foram. Por conta da loucura da agenda de shows, a gente vive isso o tempo todo. É avião, é van, é carro toda hora. É muito tempo de estrada e a gente pode por tudo a perder. E tem as pessoas em volta. Às vezes, a gente não tá fazendo nada, não foi erro do nosso motorista. Bateram na gente. Então, é complicado. Só Deus para proteger. E eu me considero muito abençoado ao longo de todos esses anos de carreira", disse.

Em 12 anos na estrada, Luan agradece por nunca ter enfrentado nenhum acidente grave. "Já passei por susto em avião, em van, mas nunca aconteceu nada que me machucasse", comenta ele, que saiu ileso do acidente.

Sertanejo