Topo

Música


"Haja carne", diz Michel Teló sobre novo disco em que mistura sertanejo e churrasco

Michel Teló lança EP com músicas inéditas no projeto "Churrasco do Teló" - Divulgação
Michel Teló lança EP com músicas inéditas no projeto "Churrasco do Teló" Imagem: Divulgação

Felipe Branco Cruz

Do UOL, em São Paulo

26/07/2019 04h00

Existem estilos musicais que combinam com churrasco. Sertanejo, definitivamente, é um deles. Michel Teló decidiu reunir as duas coisas em seu novo projeto, o EP Churrasco com Teló, lançado hoje e disponível em todas as plataformas de streaming.

"Faço isso a minha vida toda. Eu acendo a churrasqueira, chamo a turma e a gente queima uma carninha. Agora, quis fazer isso com meus fãs", disse Teló ao UOL.

O novo EP, gravado em junho no Quintal DeBetti, em São Paulo, tem seis faixas inéditas. Mas a ideia de Teló é gravar outros dois EPs até o final do ano que vem e lançar um DVD completo.

Com o lançamento do EP, Teló fará também quatro novos churrascos, que serão realizados até o final do ano em resorts em Itu (24/08), Caldas Novas (21/09), Caeté (26/10) e Foz do Iguaçu (21/12).

"Haja carne! Meus pais são gaúchos e qualquer tio que assume a churrasqueira, deixa a carne sensacional", garantiu o cantor.

Teló reuniu os fãs em uma grande festa sertaneja com muito churrasco - Divulgação
Teló reuniu os fãs em uma grande festa sertaneja com muito churrasco
Imagem: Divulgação

Churrasco e outros projetos

O churrasco vai acompanhar Michel Teló em praticamente todos os seus novos projetos, mesmo longe dos palcos, como no programa Bem Sertanejo, que volta esse mês no Fantástico, da TV Globo.

Teló vai contar no programa a história dos grandes festivais do país, como o Villa Mix, Barretos e Festeja, e, para isso, pediu para Tarso Marques, do quadro Lata Velha do Caldeirão do Huck, para customizar uma caminhonete e a transformar em uma churrasqueira ambulante.

"A caçamba foi transformada em uma churrasqueira e tem espaço para guardar cadeiras, mesas, talheres, facas, copos e até chopeira", revelou Teló. "Vamos viajar o Brasil fazendo moda, contando a história do sertanejo e comendo churrasco".

Michel Teló gravou o novo EP no Quintal DeBetti, em São Paulo - Divulgação
Michel Teló gravou o novo EP no Quintal DeBetti, em São Paulo
Imagem: Divulgação

Sem duplo sentido

Após o casamento com Thais Fersoza e o nascimento dos dois filhos Melinda e Teodoro, Teló deixou de lado as músicas sobre pegação ou com duplo sentido para cantar sobre a vida de casado.

A música Casal Modão é um exemplo. Nela, Teló fala sobre um casal que não é "modinha" e, sim, um "casal modão", que gosta de ficar juntinho e ter um relacionamento feliz ao lado da parceira. "Essa música tem tudo a ver com a minha vida e com a Thais. Todo mundo sonha em ter um parceiro bacana. Ela é um pouco autobiográfica", explicou.

Outra faixa é a Muleke ou Homem, em que Teló canta enquadra aqueles caras que ainda têm comportamento de moleque e não de homem. "A música tem uma pegada romântica. Ela é boa para a mulherada mandar uma indireta para os crushes".

Mas alinhada com o clima de churrasco, outro destaque é a música Repertório Bom. "Eu falo do cara que vai para o boteco tomar uma e então chega a galera com violão, safona e a festa come solta".