Topo

Filmes e séries


Roteiros inéditos de Kubrick, encontrados décadas depois, falam de casamento e traição

Stanley Kubrick durante gravações de " Barry Lyndon" (1975) - Divulgação
Stanley Kubrick durante gravações de " Barry Lyndon" (1975) Imagem: Divulgação

Caio Coletti

Colaboração para o UOL

12/07/2019 10h44

Três roteiros assinados por Stanley Kubrick, previamente inéditos, foram encontrados em uma casa que foi ocupada pelo diretor durante a década de 1950, no Reino Unido. Os projetos, segundo o jornal The Guardian, focam-se em temas como casamento, traição e ciúme.

Os scripts não estão finalizados. Um deles, intitulado Married Man (Homem Casado, em tradução livre), inclui 35 páginas de cenas datilografadas, além de muitas notas escritas à mão. Outro, The Perfect Marriage (O Casamento Perfeito), compreende apenas sete páginas de cenas.

O terceiro dos projetos não finalizados é intitulado Jealousy (Ciúme), e contém 13 páginas de material datilografado e escrito à mão. Todos os roteiros contam uma variação da mesma história, sobre um casal cuja relação é cheia de ressentimentos.

Segundo o site do Deadline, os roteiros refletem o período em que foram escritos, no qual Kubrick estava enfrentando problemas em seu casamento com Ruth Sobotka, sua segunda mulher. O casal se separou em 1957.

Um trecho do script de Married Man diz: "O casamento é como uma longa refeição em que nos servem a sobremesa primeiro. Você consegue imaginar os horrores de viver com uma mulher que se agarra a você, cuja vida gira ao seu redor de manhã, à tarde e à noite? É como se afogar em um mar de plumas".

Os três roteiros foram transferidos para o arquivo sobre Kubrick na Universidade das Artes de Londres, no Reino Unido.