Topo

Pop


Fã recifense de Sandy e Junior tatua show de despedida e de retorno da dupla

Jennifer Figueira, 30, tatuou o show de despedida, em 2007, e o show de retorno de Sandy em Junior, em 2019 - Renata Nogueira/UOL
Jennifer Figueira, 30, tatuou o show de despedida, em 2007, e o show de retorno de Sandy em Junior, em 2019 Imagem: Renata Nogueira/UOL

Renata Nogueira

Do UOL, no Recife

12/07/2019 18h00

Sandy e Junior voltam hoje aos palcos como uma dupla e a data de 12 de julho de 2019 ficará eternizada para uma das fãs da dupla: Jennifer Figueira. A recifense de 30 anos tatuou o símbolo da turnê Nossa História e a data do primeiro show no braço. "Fiz há quatro dias. Quis deixar registrado esse momento especial da volta. Fiz uma tatuagem quando eles se separaram, e agora novamente", conta Jennifer ao UOL enquanto aguarda na fila.

Fã há 20 anos, ela relembra que esteve presente no último show da dupla no Recife, em 24 de agosto de 2007, o que gerou a outra tatuagem dela, na perna, que traz o símbolo do último álbum de estúdio da dupla, antes do Acústico MTV. "Não lembro uma fase da minha vida que não tenha Sandy e Junior", confessa Jennifer.

"Los Hermanos"

Renata Nogueira/UOL
Imagem: Renata Nogueira/UOL

Outro fã que chamava a atenção em frente ao Classic Hall, onde os irmãos tocam hoje à noite, era Felipe Reis de Oliveira, de Santos (SP). Ele usava uma camiseta onde se lia Los Hermanos com uma foto de Sandy e Junior.

"Tive essa ideia após os Los Hermanos também voltarem com uma turnê. E achei que tinha tudo a ver. Queria fazer uma coisa diferente, eu não queria nada já pronto. Procurei na internet fotos que tivessem uma boa resolução e fiz. Foi uma coisa bem humorada, pra sair um pouco do comum, mas que também fizesse sentido, pois nada mais é do que a reunião de dois irmãos."

Experiência inédita

Emmanuel Castro e Priscila Siqueira, os primeiros da fila da área preferencial para o show de Sandy e Junior no Recife - Renata Nogueira/UOL
Emmanuel Castro e Priscila Siqueira, os primeiros da fila da área preferencial para o show de Sandy e Junior no Recife
Imagem: Renata Nogueira/UOL

Já Emmanuel Castro e Priscila Siqueira eram os primeiros da fila preferencial. Eles chegaram ao Classic Hall seis horas antes da apresentação para evitar tumultos e garantir uma boa experiência. Eles vão ver Sandy e Junior juntos pela primeira vez.

"Temos que ter cuidado, é muita gente. Porque se chega tarde é muito tumulto e fica bem difícil pra gente", explica Emmanuel, que é cadeirante e amputado. Os amigos de Recife chegaram ao local às 15h e, até as 16h eram os únicos na fila preferencial. "Nós gostamos é de ser vips", brinca Priscila.

"É ansiedade, com empolgação. Mistura tudo. Esse é meu primeiro show de Sandy e Junior, antes só fui ao da Sandy", diz Emmanuel. "Minha criança interior está pulando", completa a amiga.

Depois do show no Recife, Sandy e Junior ainda passam por mais dez cidades. No total, a turnê Nossa História, que começa hoje, terá 15 shows.

Veja todas as datas da turnê Nossa História:

12/julho: Recife - Classic Hall
13/julho: Salvador - Arena Fonte Nova
19/julho: Fortaleza - Centro de Convenções
20/julho: Brasília - Mané Garrincha
02/agosto: Rio de Janeiro - Jeunesse Arena
03/agosto: Rio de Janeiro - Jeunesse Arena
17/agosto: Belo Horizonte - Esplanada do Mineirão
24/agosto: São Paulo - Allianz Parque
25/agosto: São Paulo - Allianz Parque
31/agosto: Curitiba - Pedreira Paulo Leminski
13/setembro: Manaus - Arena da Amazônia
14/setembro: Belém - Hangar
21/setembro: Porto Alegre - Arena do Grêmio
12/outubro: São Paulo - Allianz Parque
13/outubro: São Paulo - Allianz Parque

Mais Pop