Topo

Stranger Things


"Nojenta", "sangrenta": Atores definem a terceira temporada de Stranger Things

Elenco de Stranger Things fala sobre terceira temporada

UOL Entretenimento

Beatriz Amendola

Do UOL, em Santiago (Chile)*

05/07/2019 04h00

A terceira temporada de Stranger Things, disponível desde ontem na Netflix, pode ser resumida em três palavras: "Nojenta", "sangrenta" e "colorida". Não somos nós que estamos dizendo, mas sim os atores Joe Keery (Steve), Natalia Dyer (Nancy) e Charlie Heaton (Jonathan), que conversaram com o UOL em Santiago, no Chile, na última terça.

"Não são as únicas palavras, mas elas são precisas", resume Natalia. E ela não está errada: o novo ano de Stranger Things assumiu um tom bem mais gore, que contrasta com a fotografia colorida que a história - agora situada no verão norte-americano - ganhou.

A temporada está, também, cheia de acontecimentos chocantes e emocionantes, que surpreenderam até o elenco. "Nós temos a sessão de leitura dos roteiros, quando lemos tudo juntos. E Você está lá lendo e pensa: 'meu Deus'. É bem grande", diz a atriz.

Segundo Charlie, o elenco descobriu as reviravoltas aos poucos. "Nós recebemos os quatro primeiros episódios no começo, e eles iam nos dando os outros conforme escreviam e filmávamos. E sim, há muitos momentos importantes, momentos chocantes".

Nancy (Natalia Dyer) e Jonathan (Charlie Heaton) em cena da terceira temporada de Stranger Things - Divulgação
Nancy (Natalia Dyer) e Jonathan (Charlie Heaton) em cena da terceira temporada de Stranger Things
Imagem: Divulgação

Os três, assim como os colegas, foram bem orientados sobre o que não revelar da nova temporada, que chega envolta em mistérios. "Nós recebemos uma lista bem grande do que podemos ou não falar", conta Natalia.

Não que eles queiram contar algum segredo antes da hora. "Eu quero que as pessoas assistam do começo ao fim e tenham suas próprias experiências", disse Charlie. "Eu não posso descrever ou te contar de uma forma melhor do que a experiência de assistir à série. E todo o trabalho que leva a isso... não cabe a mim dizer que alguma coisa acontece".

Novas companhias e uma nova locação

Agora, Stranger Things retoma uma parceria que deu muito certo em seu segundo ano: a de Steve e Dustin (Gaten Matarazzo). "Eu amo trabalhar com ele, ele é um garoto tão generoso e talentoso, especialmente ao atuar", conta Joe.

Dustin (Gaten Matarazzo), Steve (Joe Keery) e Robin (Maya Hawke) no shopping Starcourt - Divulgação
Dustin (Gaten Matarazzo), Steve (Joe Keery) e Robin (Maya Hawke) no shopping Starcourt
Imagem: Divulgação

"Uma coisa pela qual os fãs podem ficar ansiosos é a introdução dessas duas novas personagens, feitas pela Maya e pela Priah, que trazem uma nova dinâmica à amizade que já existia entre Steve e Dustin. É um combo de pessoas muito divertido", completa o ator, referindo-se a Maya Hawke e Priah Ferguson. A primeira vive a novata Robin, colega de trabalho de Steve em uma sorveteria, enquanto a segunda interpreta Erica, a irmã mais nova de Lucas (Caleb McLaughlin).

Grande parte da trama de Steve, Dustin, Robin e Erica, aliás, acontece na grande nova locação da série: o shopping Starcourt, cuja chegada balança a cidade de Hawkins, Indiana. As gravações aconteceram em um shopping real, que tinha uma ala não-utilizada sobre a qual a produção pôde trabalhar.

"Foi muito divertido", lembra Charlie. "É um shopping de verdade, e o design do set era incrível. Você entrava lá pela primeira vez e o tamanho daquilo... era do tamanho real, então era muito divertido".

"Mas você perdia a noção do tempo lá dentro", completa Natalia. "Você saía e pensava: 'uau, já está escuro'".

O trio, assim como boa parte dos colegas, passou bastante tempo no local. "Você troca o dia pela noite, a noite pelo dia, eram muitas horas filmando", explica Joe.

*A repórter viajou a convite da Netflix

Stranger Things