Topo

Música


"Estou nervosa e assustada", diz Karol G que cantará na abertura da Copa América

Divulgação
A cantora Karol G se apresentará na cerimônia de abertura da Copa América Imagem: Divulgação

Felipe Branco Cruz

Do UOL, em São Paulo

2019-06-14T14:27:45

14/06/2019 14h27

A cantora colombiana Karol G conversou com o UOL hoje, em um hotel de São Paulo, e revelou como será a sua participação logo mais, às 21h10, na cerimônia de abertura da Copa América, no Estádio do Morumbi.

Karol G apresentará a música oficial da competição, "Vibra Continente", ao lado de Léo Santana, escrita por ela em parceria com o cantor baiano. A cerimônia será a maior já feita na história das Copas América, inclusive por conta do show musical. Nas outras ocasiões, a apresentação dos artistas era feita a parte.

"Estou super nervosa e assustada", disse Karol G. "O Brasil é muito importante para mim e tenho certeza que todos os latinos vão se sentir orgulhosos com a nossa apresentação. Vai ter muito brilho, bailarinos e muitas cores representando todos os países do continente", contou.

Ainda pouco conhecida no Brasil, Karol G tem 28 anos e sete anos de carreira. Em 2018, ela ganhou o Grammy Latino de artista revelação e já teve três singles no Top 10 da Billboard Hot Latin Songs: "Ahora me Llama", "Culpables" e "Mi Cama".

Divulgação
A cantora Karol G vai se apresentar junto com Léo Santana Imagem: Divulgação
O Brasil, no entanto, é um mercado que a cantora espera conquistar. "Definitivamente, o Brasil é a minha prioridade", contou. Recentemente, ela gravou o clipe de "La Vida Continuó", em Las Vegas, com Simone & Simaria, e disse que gostaria de gravar também com Anitta e Kevinho.

"Estive no Brasil em fevereiro para assistir ao Carnaval. Me encantei. É algo super-mágico o que vocês têm aqui. Encontrei com o Léo Santana a convite da nossa gravadora e escrevemos a música 'Vibra Continente' juntos. Obviamente que me emocionei. Somos duas pessoas que amamos futebol e tivemos uma boa química", contou.

A cerimônia de abertura terá 10 minutos e contará com mais de 100 músicos e 400 pessoas em cena, contando a história dos países da América Latina.

Após a apresentação, Karol G viajará para Salvador para assistir a partida entre Argentina e Colômbia, no estádio da Fonte Nova. "Vai ser uma grande partida. Trouxe toda a minha família da Colômbia para ver o jogo. Eu não poderia deixar de prestigiar a minha seleção".