Topo

Filmes e séries


Chris Evans, o Capitão América, critica ideia de "desfile do orgulho heterossexual"

Chris Evans como o Capitão América em "The Avengers: Os Vingadores" - Divulgação
Chris Evans como o Capitão América em "The Avengers: Os Vingadores" Imagem: Divulgação

Rodolfo Vicentini

Do UOL, em São Paulo

05/06/2019 19h37

O ator Chris Evans criticou no Twitter três homens que querem permissão para fazer um desfile heterossexual em Boston (EUA). A iniciativa seria uma resposta ao mês do orgulho LGBT.

"Iniciativa legal, pessoal! Apenas um pensamento, em vez do desfile de 'Orgulho heterossexual', que tal isso: desfile de "estamos desesperadamente tentando enterrar nossos próprios pensamentos gays sendo homofóbicos, porque ninguém nos ensinou a lidar com as nossas emoções na infância?" O que você acha? Acertei muito na cara?", escreveu o ator.

Na sequência, ele compartilhou um texto do escritor James Fell, que diz que uma "parada heterossexual" é a mesma coisa que falar que "é um homofóbico de m****".

"O número de equivalências falsas em paradas gays/heterossexuais é decepcionante. Em vez de ir imediatamente para a raiva [que é apenas medo do que você não entende], reserve um momento para buscar empatia e crescimento", escreveu Evans.

Direitos dos LGBTs sempre foi um assunto importante para o astro da Marvel, já que seu irmão mais novo, o também ator Scott Evans, é assumidamente gay. Chris já tinha falando como crescer com um irmão homossexual e duas irmãs ajudaram a "cultivar compaixão e compreensão".

Filmes e séries