Topo

Música


"Madonna é uma prostituta desesperada por dinheiro", diz vocalista do Primal Scream

Bobby Gillespie durante apresentação do Primal Scream no festival Glastonbury, em 2013 - Andrew Cowie/AFP Photo
Bobby Gillespie durante apresentação do Primal Scream no festival Glastonbury, em 2013 Imagem: Andrew Cowie/AFP Photo

Do UOL, em São Paulo

18/05/2019 13h38

Vocalista do Primal Scream, Bobby Gillespie atacou duramente Madonna por sua participação na final do Eurovisión, tradicional concurso musical, que ocorrerá em Israel, neste sábado (18). Em entrevista à jornalista Kirsty Wark, da BBC, o escocês disse que a cantora, que recebeu críticas por sua participação no país em conflito com os palestinos, "está desesperada por dinheiro e publicidade".

"Madonna faria qualquer coisa por dinheiro, é uma autêntica prostituta", disse Gillespie antes mesmo de a jornalista terminar a pergunta sobre as críticas que a popstar vem recebendo de fãs por se apresentar em Israel.

Após dizer que "não tem nada contra prostitutas", o vocalista do Primal Scream disse que a intenção da cantora é "normalizar o Estado de Israel e seu vergonhoso tratamento ao povo palestino". "Madonna está desesperada por publicidade, desesperada por dinheiro", critica o escocês, que afirma que a banda nunca se apresentou no país.

Gillespie diz ainda que defende os direitos do povo palestino e a apresentadora o questiona sobre os direitos dos israelenses. "É um terra roubada", responde. Kirsty Wark pergunta, então, se o cantor não teme ser chamado de antisemita por negar o Estado de Israel. "Não sou, em absoluto. Todos meus heróis são judeus: Karl Marx, Bob Dylan, os irmãs Marx", cita.

Veja trechos da entrevista (em inglês):

"Caminho para a paz"

Antes mesmo que fosse confirmada sua participação na final do Eurovisión, nesta semana, Madonna já vinha recebendo críticas por se apresentar em Tel Aviv. Muitos artistas solidários à questão palestina não se apresentam em Israel.

Em resposta, a cantora, que está em campanha de lançamento do seu novo álbum, "Madam X", disse que era "defensora de todos os direitos humanos" e que "não se orienta pelos interesses políticos de outros". "Espero que em breve nos libertemos deste horrível ciclo de destruição e possamos criar um novo caminho para a paz", disse em nota. Madonna também divulgou um vídeo cantando dentro de um carro em Tel Aviv, cantando seu novo single, "Future", um reagge em pareria com Quavo.

Música