Topo

Livros e HQs


Livraria do Rio ironiza cortes na educação e manda livro rasgado para ministro

Facebook/Reprodução
Imagem: Facebook/Reprodução

Osmar Portilho

Do UOL, em São Paulo

16/05/2019 15h48

Depois dos cortes que afetaram repasses de recursos federais para universidades e institutos e a gafe cometida pelo ministro da Educação, Abraham Weintraub, que chamou o autor Franz Kafka de "Kafta", uma tradicional livraria do Rio fez uma sátira/protesto com os episódios.

A livraria Leonardo Da Vinci postou em seu Facebook imagens do clássico "A Metamorfose", cujo exemplar seria enviado para o ministro. "Excelentíssimo sr. Ministro da Educação Abraham Weintraub, conhecendo seu apreço pela educação, em especial pela leitura de Franz Kafka, tomamos a liberdade de enviar para vossa excelência um exemplar de uma nova edição do grande clássico do escritor tcheco de expressão alemã, A metamorfose", diz o texto.

No entanto, é notável que falta uma parte substancial do exemplar, o que também é explicado ironicamente no texto. "Antecipadamente, pedimos desculpas pelo corte de 25% no livro, mas a situação das livrarias brasileiras está difícil. Temos certeza que isso não impedirá sua leitura atenta e apaixonada".

Muito seguidores celebraram o tom crítico da publicação, que já superou 2,7 mil compartilhamentos no Facebook.

Mais Livros e HQs