Topo

Rapper de gravadora de Lil Wayne é condenado a prisão perpétua

Divulgação
O rapper Wildner "Flow" Degruy em seu registro policial Imagem: Divulgação

Osmar Portilho

Do UOL, em São Paulo

2019-05-15T12:49:37

15/05/2019 12h49

Wildner "Flow" Degruy, 27 anos, descoberto por Lil Wayne em 2012 e parte da gravadora Young Money Cash Money Billionaires, foi condenado a prisão perpétua.

A polícia afirma que ele e mais um amigo, Jonathan Evans, atiraram nos irmãos Kendrick e Kendred Bishop, de 22 e 18 anos, respectivamente, em 2015, em Nova Orleans. Na ocasião, as autoridades viram Degruy na cena do crime por meio de câmeras de vigilância e encontraram o telefone celular do rapper no local do crime.

De acordo com o site local Nola.com, a mãe dos irmãos, acompanhou o julgamento e leu uma nota durante o processo. "No começo eu te odiei. Eu te achava um monstro. Hoje não te odeio, eu tenho pena de você", disse ela.

Os promotores do caso apontam que Degruy matou os irmãos em retaliação após eles terem roubado US$ 8 mil e armas do carro da sua então namorada semanas antes. O rapper negou, e afirmou que seu amigo é que tinha problemas com Kendred.

Jonathan Evans colaborou com as autoridades, apontou Degruy como culpado e saiu com uma sentença de 20 anos de prisão.

Mais Rap gringo