PUBLICIDADE
Topo

Estreia da 8ª temporada de "GoT" foi pirateada mais de 54 milhões de vezes

Samwell Tarly (John Bradley) em cena da última temporada de "Game of Thrones" - Divulgação
Samwell Tarly (John Bradley) em cena da última temporada de "Game of Thrones" Imagem: Divulgação

Caio Coletti

Colaboração para o UOL

17/04/2019 13h19

O episódio "Winterfell", que marcou a estreia da oitava e última temporada de "Game of Thrones", no domingo, não marcou números impressionantes só na audiência convencional -- no mundo da pirataria, o capítulo também foi campeão.

Segundo a empresa de monitoramento de pirataria Muso, em dados repercutidos pelo site Mashable, o episódio foi baixado ilegalmente mais de 54 milhões de vezes nas primeiras 24 horas após sua estreia.

O relatório mostra que a Índia foi o país que mais assistiu a "Game of Thrones" ilegalmente neste período, contabilizando 9,5 milhões de downloads. A China aparece em segundo lugar, com 5,2 milhões de ocorrências de pirataria envolvendo a série, enquanto os EUA surgem em terceiro com 4 milhões.

Outra curiosidade é que os fãs passaram um tempo se preparando para o final de "Game of Thrones" antes da estreia da oitava temporada, maratonando ou revendo as temporadas anteriores. Entre fevereiro e abril de 2019, a procura pelos episódios antigos da série dobrou em sites de pirataria.

O relatório ainda revela que 76,6% das pessoas que buscam piratear "Game of Thrones" optam por sites que fazem streaming ilegal do episódio. 12,2% procuram sites onde podem baixar o episódio diretamente para seus computadores, e 10,8% usam o serviço de torrent.

Game of Thrones