Topo

Vingadores


Kevin Feige fala sobre futuro da Marvel, X-Men e possibilidade de virar diretor

 Kevin Feige, presidente dos estúdios Marvel - Getty Images
Kevin Feige, presidente dos estúdios Marvel Imagem: Getty Images

Caio Coletti

Colaboração para o UOL

16/04/2019 10h43

Kevin Feige, chefe da Marvel Studios, conversou com a revista "Variety" sobre o passado e o futuro do estúdio, a chegada de personagens como X-Men e Quarteto Fantástico à franquia após a compra da Fox pela Disney, e a possibilidade de assumir a direção de um filme ao invés de se manter "apenas" como produtor.

Feige reforçou que "Vingadores: Ultimato", que chega aos cinemas em 25 de abril, vai encerrar uma era para o universo cinematográfico Marvel. O executivo disse também, no entanto, que os futuros filmes da empresa ainda terão a participação de alguns dos heróis com os quais já estamos familiarizados.

"Alguns dos próximos filmes terão personagens que vocês já conhecem. Alguns personagens que foram coadjuvantes até agora assumirão um papel de protagonismo. Também teremos personagens novos sendo introduzidos", comentou. Uma das coadjuvantes que ganhará filme próprio é a Viúva Negra (Scarlett Johansson), cuja aventura solo começa a ser filmada em junho com um grande elenco que inclui Rachel Weisz e David Harbour.

"O bacana é que, se todos estes filmes que estamos planejando derem certo, podemos fazer tudo de novo", continuou, se referindo à jornada de narrativas interligadas que levou até "Ultimato". "Podemos aprender com os nossos erros, e tentar fazer algo diferente".

Outro aspecto do futuro da Marvel está no serviço de streaming Disney+, que será lançado ainda este ano pelo estúdio do Mickey. A editora já anunciou diversas minisséries estreladas pelos seus heróis na plataforma, incluindo produções sobre Loki (Tom Hiddleston) e Feiticeira Escarlate (Elizabeth Olsen).

"Estes episódios vão ser interligados aos filmes de formas importantes", garantiu Feige, distinguindo as novas produções televisivas das feitas até agora, como "Demolidor" e "Agents of SHIELD". "É uma nova forma de contar histórias que estamos experimentando".

Assista ao trailer de "Vingadores: Ultimato"

UOL Entretenimento

X-Men e Feige diretor

Outro assunto da entrevista, é claro, foi a aquisição da Fox pela Disney. Vale lembrar que Feige começou a trabalhar em filmes da Marvel com "X-Men: O Filme" (2000), quando ainda era assistente da produtora Lauren Shuler Donner.

Com a compra da Fox, os direitos dos X-Men e de vários outros personagens, como o Quarteto Fantástico, finalmente estão de volta às mãos de Feige. "Eu ainda não consigo te dizer como especificamente vamos usá-los, mas é incrível ver estes personagens voltando para casa", diz o produtor.

"Vai ser bom finalmente ter o que todos os outros estúdios já tem, que é acesso às suas criações. Imagine se o Pato Donald fosse propriedade de outro estúdio. Imagine se o Pateta ou Moana fossem de outro estúdio, e a Disney não pudesse mexer neles", explicou.

Sempre ocupadíssimo, Feige se envolve na maioria das etapas de produção dos filmes da Marvel. Apesar de sua familiaridade com processos como escalação, filmagens e edição, ele não pensa em se tornar diretor.

"Eu me divirto demais trabalhando em vários filmes ao mesmo tempo, não conseguiria me focar em só um", brincou.

Mais Vingadores