Topo

Baterista do Inspector Cluzo termina o show no Lolla e vai vender camisetas

Baterista do Inspector Cluzo termina o show no Lolla e vai vender camiseta da banda ao público  - Felipe Branco Cruz/UOL
Baterista do Inspector Cluzo termina o show no Lolla e vai vender camiseta da banda ao público Imagem: Felipe Branco Cruz/UOL

Felipe Branco Cruz e Rodolfo Vicentini

Do UOL, em São Paulo

07/04/2019 14h34

Guitarra e bateria. Nada mais. O duo francês The Inspector Cluzo fez um show pesado no Lollapalooza com muito hard e ironia, reservando espaço até mesmo para vender os produtos da banda.

O guitarrista e vocalista Malcolm Lucrouts junto com o baterista Phil Jourdain são responsáveis por uma fazenda em Gasconha, na região sul da França. Suas músicas falam sobre a vida na música e também criticam a indústria farmacêutica.

"Isso é só um show de rock. Sem computador, apenas dois caras. Essa é música é para os agricultores", disse o vocalista. "Fod*-se a Monsanto. Fod*-se a Bayer", completou antes de cantar "We the People of the Soil".

E as críticas não pararam por aí. "Nossa próxima música é 'Fuck the Bass Player'. Como vocês podem ver, não temos um baixista. Baixista é tão inútil numa banda quanto o nosso presidente", urrou Malcolm em referência a Emmanuel Macron.

Quer uma camiseta?

A dupla faz palhaçadas no palco, com caras e bocas, dançando em cima da bateria e levantando o público com "I'm a Japanese Mountain", "Two Days" e a fantástica "Rockfarmes".

Teatrais, eles brincam entre si e, no final de show, o vocalista brinca de tirar a bateria do parceiro, que finge desespero em continuar tocando seu instrumento. Sem escapatória, ele tomou o microfone para anunciar que estaria na grade para vender camisetas e discos da banda para ajudar na fazenda deles.

Como são independentes, o grupo se vira para mostrar sua música e conseguiu o apoio do público. Phil desceu até onde a galera acompanhava o show no Palco Ônix vom uma sacolinha cheia de produtos do Inspector Cluzo.

Ele distribuiu abraços, apertos de mão e ainda tirou selfies até o começo do show seguinte, do Gabriel O Pensador.

Lollapalooza