PUBLICIDADE
Topo

Filmes e séries


Jim Carrey desenha Mussolini assassinado e irrita neta do ditador

Jim Carrey em trailer de "Kidding" - Reprodução
Jim Carrey em trailer de "Kidding" Imagem: Reprodução

Rodolfo Vicentini

Do UOL, em São Paulo

31/03/2019 21h02

Jim Carrey divulgou no Twitter ontem uma nova arte que criou, desta vez representando Benito Mussolini e Claretta Petacci assassinados.

O desenho irritou a neta do ditador italiano, Alessandra Mussolini, apoiadora do presidente Donald Trump, que marcou o ator em diversos posts na mesma rede social.

A primeira mensagem foi sobre a bomba atômica, lançada durante a Segunda Guerra Mundial, a outra sobre o genocídio indígena e a última sobre Rosa Park, ativista negra.

Os ataques da neta do ditador foram para mostrar os erros na história dos Estados Unidos. Os defensores de Carrey lembraram Alessandra que o ator é na verdade Canadense.

Mussolini liderou o Partido Nacional Fascista italiano e é uma das figuras mais controversas da história mundial. Ele foi morto ao lado da amante em 1945 e seus corpos foram pendurados de cabeça para baixo em uma viga de metal.

Errata: o texto foi atualizado
Diferentemente do que estava escrito, Claretta Petacci não era mulher de Mussolini, mas, sim, amante do ditador. A informação foi corrigida.

Filmes e séries