Topo

Geek


Apple TV+: Apple oficializa serviço de streaming e produções originais

Reprodução
Reese Whiterspoon e Jennifer Aniston participam de evento da Apple Imagem: Reprodução

Beatriz Amendola

Do UOL, em São Paulo

2019-03-25T15:24:12

25/03/2019 15h24

A Apple anunciou oficialmente hoje o seu serviço de streaming de séries originais, o Apple TV+. O anúncio foi feito pelo presidente da empresa, Tim Cook, no teatro Steve Jobs em Cupertino, na Califórnia -- com o apoio de cineastas como Steven Spielberg e de atores como Reese Whiterspoon, Jennifer Aniston e Jason Momoa.

O Apple TV+ estará disponível para assinatura por meio do novo aplicativo da Apple TV. Ele deve chegar nos próximos meses, durante o outono norte-americano, para usuários em mais de cem países. O serviço funcionará por meio de uma assinatura, que dará ao usuário acesso aos conteúdos exclusivos da Apple. Os preços ainda não foram divulgados pela companhia.

Aguardado com expectativa, o serviço já tem várias produções originais engatilhadas, como "The Morning Show", estrelada por Aniston, Whiterspoon e Steve Carell. Os três subiram ao palco para divulgar a produção, que acompanhará os bastidores de um programa de notícias matinal.

"Nós vamos trazer um olhar honesto sobre relações entre homens e mulheres no ambiente de trabalho", disse Aniston, que ainda afirmou estar animada por voltar à TV com o projeto -- sua primeira série desde o fim de "Friends", em 2004.

Sob fortes aplausos do público, o diretor Steven Spielberg surgiu no evento para falar de "Amazing Stories", nova versão da antologia de ficção científica criada por ele em 1985. "Estou muito grato por estar aqui hoje", afirmou o cineasta. "Vamos ressuscitar essa marca e levá-la a um novo público".

Momoa apareceu ao lado da atriz Alfre Woodward para divulgar "See", uma série de ficção científica, enquanto JJ Abrams e Sara Bareilles apresentaram "Little Voice", uma série sobre jovens músicos em Nova York. A cantora tocou a música de abertura da produção.

O grande encerramento do evento ficou por conta de uma participação surpresa de Oprah Winfrey, que anunciou estar trabalhando em dois documentários: um sobre assédio sexual no ambiente de trabalho e outro sobre saúde mental.

A Apple ainda tem várias outras séries originais previstas, incluindo uma trama de espionagem protagonizada por Brie Larson, a Capitã Marvel.