Topo

Oscar


Spike Lee vence o Oscar de melhor roteiro adaptado por "Infiltrado na Klan"

Kevin Winter/Getty Images
Spike Lee pula no colo de Samuel L. Jackson ao ganhar o Oscar de melhor roteiro por "Infiltrado na Klan" Imagem: Kevin Winter/Getty Images

Caio Coletti

Colaboração para o UOL

2019-02-25T00:17:35

25/02/2019 00h17

Spike Lee foi aplaudido de pé no Dolby Theatre, em Los Angeles, ao subir no palco para receber o Oscar de melhor roteiro adaptado por "Infiltrado na Klan". É o primeiro Oscar da carreira do cineasta.

Lee dividiu o prêmio com Charlie Wachtel, David Rabinowitz e Kevin Wilmott, que o ajudaram a adaptar o livro autobiográfico de Ron Stallworth, policial negro que se infiltrou na organização racista Ku Klux Klan nos anos 1970.

Lee subiu ao palco e pulou nos braços de um dos apresentadores da categoria, Samuel L. Jackson. Em seu discurso, ele começou com um palavrão ("motherf**ker"), citou a escravidão e o mês da história afro-americana, que é comemorado em fevereiro nos EUA. No final, convidou seus colegas a serem politicamente ativos na próxima eleição presidencial americana, em 2020.

"Façam a escolha moral entre o amor e o ódio. Façam a coisa certa!", exclamou o diretor e roteirista, invocando o seu filme "Faça a Coisa Certa", lançado em 1989.

Lee bateu os scripts de "The Ballad of Buster Scruggs", "Nasce Uma Estrela", "Poderia Me Perdoar?" e "Se a Rua Beale Falasse" pelo prêmio de melhor roteiro adaptado.

O prêmio de melhor roteiro adaptado foi apresentado logo depois do de melhor roteiro original. Nesta categoria, o filme "Green Book: O Guia" saiu vitorioso.

Nick Vallelonga, Brian Hayes Currie e Peter Farrelly subiram ao palco para receber o Oscar pelo longa. Vallelonga é filho de um dos personagens reais retratados no filme, Tony Lip (Viggo Mortensen).

O trio venceu os roteiros de "A Favorita", "Fé Corrompida", "Roma" e "Vice" para vencer sua estatueta.