Topo

Geek


"Supernatural": Atores contam como reunião com John vai afetar Sam e Dean

Divulgação
Dean (Jensen Ackles), Sam (Jared Padalecki), Mary (Samantha Smith) e John (Jeffrey Dean Morgan) se reúnem em foto do episódio 300 de "Supernatural" Imagem: Divulgação

Beatriz Amendola

Do UOL, em São Paulo

08/02/2019 10h20

"Supernatural" trouxe uma reunião emocionante para seu 300º episódio, que foi ao ar nos Estados Unidos na última quinta-feira (7). John (Jeffrey Dean Morgan), o pai de Sam (Jared Padalecki) e Dean (Jensen Ackles), voltou - temporariamente - e os Winchesters puderam ter um jantar em família. 

Mas como o reencontro irá afetar Sam e Dean daqui para a frente? Segundo Ackles, é isso que dará forças aos irmãos para continuarem salvando o mundo. 

"Acho que será um combustível para eles", disse o ator à revista "Entertainment Weekly". "Uma família unida nunca foi algo que eles tiveram de verdade, especialmente o Sam. Ter um relance disso, dar uma pausa nessa vida na qual eles se enterraram por tantos, ver o pai e mãe juntos e ter um momento cara a cara com o pai... Eles podiam não estar preparados para isso, mas acredito que é algo que vai dar a eles um estímulo". 

Para Padalecki, a reunião irá fortalecer as convicções de Sam e Dean, que deram adeus ao pai após perceberem que a volta dele estava criando um paradoxo temporal no qual Sam tinha uma vida completamente diferente.

"Eles tiveram a chance de fazer um acordo faustiano, eles tinham a possibilidade de viver no bunker com a família, mas eles escolheram se manter no curso. Eles desviaram um pouco, mas falaram 'isso parece ótimo, mas estamos dispostos a sacrificar isso pelo que estamos fazendo com a nossa realidade'. Então, de alguma forma isso fortalece quem eles são e quem eles têm sido por tantas temporadas. Acho que isso vai apenas fortalecer e solidificar a determinação deles". 

No Brasil, "Supernatural" vai ao ar pelo Warner Channel às terças-feiras, às 21h40.