PUBLICIDADE
Topo

Oscar


Jennifer Hudson vai se apresentar no Oscar mesmo com cerimônia mais enxuta

Jennifer Hudson canta no funeral de Aretha Franklin em Detroit, nos Estados Unidos - Scott Olson/Getty Images
Jennifer Hudson canta no funeral de Aretha Franklin em Detroit, nos Estados Unidos Imagem: Scott Olson/Getty Images

Renata Nogueira

Do UOL, em São Paulo

31/01/2019 19h53Atualizada em 31/01/2019 21h52

Uma apresentação de Jennifer Hudson no Oscar foi confirmada nesta quinta-feira (31) pela Academia de Artes e Ciências Cinematográficas. A cantora vai performar "I'll Fight", indicada como melhor canção original como parte da trilha sonora do documentário "RBG", sobre a juíza Ruth Bader Ginsburg.

O anúncio pega o público de surpresa, já que com uma cerimônia mais enxuta a organização havia confirmado apenas duas performances: Lady Gaga com "Shallow", tema de "Nasce Uma Estrela", filme com oito indicações, e Kendrick Lamar com "All The Star", tema de "Pantera Negra", com sete indicações.

Poucas horas depois de confirmar J. Hud, a Academia também anunciou a performance de "The Place Where the Lost Things Go", cantada por Emily Blunt em "O Retorno de Mary Poppins". Blunt receberá um "convidado especial" na performance.

Sendo assim, "When a Cowboy Trades His Spurs for Wings", cantada por Tim Blake Nelson em "A Balada de Buster Scruggs", é a única música indicada a melhor canção original que ainda não tem uma performance oficializada.

Segundo fontes da Variety, após deixar claro que só daria espaço para duas performances musicais, a Academia decidiu voltar atrás por causa de críticas e deve colocar todas as cinco músicas indicadas na cerimônia.

O Oscar 2019 acontece no próximo dia 24 de fevereiro em Hollywood, nos Estados Unidos.

Oscar