Topo

Com dificuldades, ex-Foo Fighters pede ajuda aos fãs para pagar dívidas

O baterista William Goldsmith - Reprodução
O baterista William Goldsmith Imagem: Reprodução

Caio Coletti

Colaboração para o UOL

31/01/2019 09h09

O baterista William Goldsmith, que até 1997 tocou com o Foo Fighters, está passando por dificuldades financeiras. No Facebook, o músico revelou que pretendia vender o seu kit de bateria para pagar uma parte de suas dívidas.

Um de seus amigos na comunidade musical, no entanto, não quer deixar que isso aconteça. Stephen Randolph O'Sticky começou uma campanha no site Go Fund Me para ajudar Goldsmith a pagar sua dívida e manter seus instrumentos.

A página criada por O'Sticky já bateu a sua meta: originalmente, Goldsmith precisava de US$ 3.000, mas já arrecadou quase US$ 3.500 com a ajuda de quase cem fãs.

Além do Foo Fighters, Goldsmith também tocou na banda Sunny Day Real Estate. Em posts no seu Facebook, ele explicou que fez a dívida depois que se mudou com a família atrás de oportunidades de trabalho. Além disso, sua casa foi inundada e os reparos acabaram saindo em quase US$ 1.000. 

Goldsmith foi o primeiro baterista contratado por Dave Ghrol para o Foo Fighters, mas deixou a banda em 1997 após desentendimentos com o vocalista.

Mais Rock