PUBLICIDADE
Topo

6 momentos que fazem valer o ingresso do novo espetáculo do Circo da China

Leonardo Rodrigues

Do UOL, em São Paulo

18/01/2019 04h00

O Circo da China está de volta ao Brasil para uma temporada inédita, com o espetáculo "China Esplêndida", uma superprodução em homenagem à China tradicional que fica em cartaz em São Paulo, no Credicard Hall, de 17 e 27 de janeiro de 2019. As apresentações reúnem 47 artistas da Shenyang Acrobatic Troupe of China, companhia estatal do país que treina jovens artistas dos 5 aos 20 anos, quando passam a integrar o elenco principal do grupo.

O espetáculo tem cerca de duas horas de duração, com 20 atos divididos em quatro partes, que são inspiradas em cores das estações do ano. Elas marcam a passagem do tempo são pano de fundo para um desfile de tradições do país. O público tem contato com um show de malabarismo, acrobacias, danças e diversos efeitos visuais e sonoros. A exibição teatral/circense, cujos ensaios levaram oito meses para serem concluídos, traz fortes influências da ópera chinesa.

A passagem pelo país marca a estreia da nova turnê mundial do espetáculo chinês, que tem direção de Yu Wen e figurinos desenvolvidos por Yang Donglin, que trabalhou na abertura dos jogos Olímpicos de Pequim-2008. O visual é suntuoso --o cenário e equipamentos de iluminação foram trazidos em dois conteiners--, com diversos elementos da milenar cultura chinesa, e os números incluem, entre outros, equilíbrio de pratos, saltos e contorcionismo.

O UOL assistiu a uma apresentação prévia do espetáculo e separou seus momentos que você deve prestar atenção.

Equilíbrio em cadeiras empilhadas

É um dos números mais tradicionais do grupo. Oito cadeiras de madeira são empilhadas sobre uma base com adornos tradicionais chineses. No topo delas, a cerca de oito metros, um dos artistas inclina a mais alta delas e e reproduz movimentos que parecem desafiar a gravidade.

Imagem do espetáculo "China Esplêndida", do Circo da China - Gabriela Cais Burdmann/UOL - Gabriela Cais Burdmann/UOL
Imagem: Gabriela Cais Burdmann/UOL

A dança do "leão"

Na mitologia chinesa, o Shishi é um leão parecido com um cachorro que possui a capacidade de expelir espíritos maléficos. Na apresentação, três deles, cada um conduzido por duas pessoas, fazem acrobacias e número de equilíbrio. O mais impressionante, sobre uma bola vermelha.

Imagem do espetáculo "China Esplêndida", do Circo da China - Divulgação - Divulgação
Imagem: Divulgação

O voo

Talvez o mais belo momento do show. Um casal é erguido a quase 10 metros, segurando apenas duas tiras de um tecido resistente. Do alto, eles entregam uma espécie de balé, entre voltas, giros e voos rasantes sobre a plateia.

O espetáculo "China Esplêndida", do Circo da China, em cartaz no Credicard Hall - Gabriela Cais Burdmann/UOL - Gabriela Cais Burdmann/UOL
O espetáculo "China Esplêndida", do Circo da China, em cartaz no Credicard Hall
Imagem: Gabriela Cais Burdmann/UOL

Malabarismo sincronizado com os pés

Ao som de música percussiva, seis malabaristas se deitam e, com os pés, giram objetos de forma sincronizada. A cênica traz belos bonecos gigantes, feitos de máscaras e pano, e a coreografia é feita individualmente e em duplas. A habilidade e a facilidade com que os movimentos são feitos impressionam.

Imagem do espetáculo "China Esplêndida", do Circo da China - Gabriela Cais Burdmann/UOL - Gabriela Cais Burdmann/UOL
Imagem: Gabriela Cais Burdmann/UOL

Pratos ao "vento"

Usada há 5.000 anos no treinamento de guerreiros, a prática virou símbolo nacional e uma das tradições mais admiradas do país. Em "China Esplêndida", pratos pesados giram sobre os dedos dos malabaristas e até sobre outros pratos, o que confere um belo efeito à cena. Eles também são arremessados a cerca de 10 metros.

Imagem do espetáculo "China Esplêndida", do Circo da China - Gabriela Cais Burdmann/UOL - Gabriela Cais Burdmann/UOL
Imagem: Gabriela Cais Burdmann/UOL

Contorcionismo

Esqueça tudo que você já viu ou ouviu falar sobre contorcionismo e observe o que a jovem chinesa Zhao Xiny, ou a "mulher-aranha", pode fazer com o corpo. Agora tente esquecer tudo o que você viu. Impossível.

Imagem do espetáculo "China Esplêndida", do Circo da China - Gabriela Cais Burdmann/UOL - Gabriela Cais Burdmann/UOL
Imagem: Gabriela Cais Burdmann/UOL

CIRCO DA CHINA - CHINA ESPLÊNDIDA
Onde Credicard Hall - Av. das Nações Unidas, 17.955 - Santo Amaro - São Paulo (SP).
Quando de 17 a 27 de janeiro de 2019
Quanto de R$ 35 (meia-entrada, plateias superiores) a R$ 180 (setor VIP e camarote)
Onde comprar na bilheteria dos Credicard Hall, pontos de vendas autorizados e no site www.ticketsforfun.com.br
Classificação etária Livre