Topo

Entretenimento


Responsável por capas icônicas de discos da MPB, fotógrafo Cafi morre no RJ

O fotógrafo Cafi - Reprodução/Facebook
O fotógrafo Cafi Imagem: Reprodução/Facebook

Rodolfo Vicentini

Do UOL, em São Paulo

01/01/2019 17h13

O fotógrafo Carlos Filho, mais conhecido como Cafi, morreu na madrugada desta terça-feira (1) aos 68 anos após sofrer um infarto no Rio de Janeiro.

O artista ficou marcado por registrar algumas das principais capas de discos da MPB entre as décadas de 1970 e 1990.

Entre seus mais de 300 trabalhos está o disco "Cube da Esquina", lançado em 1972. Cafi ainda continuou a parceria com Milton Nascimento em "Milagre dos Peixes" (1973), "Minas" (1975) e "Geraes" (1976).

Capa do álbum "Clube da Esquina", liderado pelos cantores e compositores Milton Nascimento e Lô Borges - Reprodução
Capa do álbum "Clube da Esquina", liderado pelos cantores e compositores Milton Nascimento e Lô Borges
Imagem: Reprodução

É dele também a clássica imagem do primeiro álbum solo de Lô Borges, que ficou conhecido como o "álbum do tênis", lançado em 1972.

O artista também trabalhou durante a carreira com Chico Buarque, Edu Lobo, Geraldo Azevedo, Fagner; Sarah Vaughan, Blitz; Alceu Valença, entre outros.

Além da fotografia, Cafi explorou a poesia e foi um dos fundadores do coletivo Nuvem Cigana, tendo também papel fundamental na história do Circo Voador.

O artista deixa três filhos: Miguel, Joana e Clara. A família discute quando e onde será o enterro.

Entretenimento