PUBLICIDADE
Topo

"Vikings" dá adeus a personagem, mas criador diz que ele pode voltar

Ivar (Alex Høgh Andersen) em cena do 11º episódio da 5ª temporada de "Vikings" - Divulgação
Ivar (Alex Høgh Andersen) em cena do 11º episódio da 5ª temporada de "Vikings" Imagem: Divulgação

Beatriz Amendola

Do UOL, em São Paulo

20/12/2018 08h46

ATENÇÃO: O texto abaixo tem spoilers de "Vikings". Não leia se não quiser saber o que acontece. 

O episódio de "Vikings" que foi ao ar nos Estados Unidos na última quarta-feira (19) terminou com a morte de um personagem considerado, até então, intocável: o Vidente (John Kavanagh). Ele foi morto por Ivar (Alex Hogh Andersen), após se recusar a confirmar a divindade do novo governante de Kattegat - mas pode retornar à série, de acordo com o criador Michael Hirst. 

O problema começou quando Ivar, plenamente convencido de que é um deus, pediu ao Vidente que atestasse isso perante a população de Kattegat. Ele, no entanto, se recusou - e profetizou que dias sombrios virão sob o domínio de Ivar. 

O Vidente de "Vikings" em cena da terceira temporada - Divulgação - Divulgação
O Vidente de "Vikings"
Imagem: Divulgação

"Você é Ivar, o Desossado, filho de Ragnar", afirmou o Vidente. "Tudo está escuro. Nós vamos, todos nós, adentrar a escuridão. A sua carruagem está tão quebrada quanto as suas pernas. Uma cobra se aninhou em seu crânio e seus olhos o traem. Seu caminho está cheio de lixo e imundície. O horror! O horror!" 

Enfurecido pelo que ouviu, Ivar então cravou seu machado na cabeça do Vidente, que durante a série foi a principal conexão com o mundo espiritual. 
Em entrevista à revista "Variety", Hirst afirmou que o ataque contra o Vidente fazia sentido para a trajetória de Ivar. "Me ocorreu um dia que Ivar poderia cometer o pecado de matar, ou pelo menos tentar matar, o Vidente porque ele não suporta a ideia de que alguém não acredite que ele posa ser divino. Isso se tornou essencial no meu retrato de Ivar como governante e do quão longe ele iria: matar um dos personagens mais icônicos do mundo de 'Vikings'". 

O Vidente, no entanto, ainda deverá ser uma força presente na série. "Meu ponto é que você não pode matar o Vidente porque ele já está morto", disse o criador. 

"Ele está em uma meia-vida entre a vida e a morte. Ivar acha que matou o Vidente, mas pode não tê-lo matado porque o Vidente não é mortal da mesma forma que os outros homens. Ele pode aparecer de diferentes formas no futuro. Mas não acho que um humano é capaz de remover a consciência, ou o guia espiritual que está lá desde o início dos tempos e provavelmente estará lá até o fim da era dos vikings". 

No Brasil, "Vikings" vai ao ar pelo Fox Premium.