PUBLICIDADE
Topo

"Venom" e os outros filmes que mais surpreenderam nas bilheterias em 2018

Cena de "Venom" - Divulgação
Cena de "Venom" Imagem: Divulgação

Lello Lopes

Do UOL, em São Paulo

12/12/2018 04h00

A temporada de 2018 do cinema está acabando e os estúdios já contabilizam os sucessos -e os fracassos- do ano. Como era esperado, "Vingadores: Guerra Infinita" termina 2018 como o filme que mais rendeu no cinema, arrecadando mais de US$ 2 bilhões ao redor do mundo, segundo números do Box Office Mojo. O segundo lugar ficou com outro filme da Marvel, "Pantera Negra", que encheu os cofres com US$ 1,346 bilhão.

Se a força do Universo Cinematográfico da Marvel já era conhecida, outros filmes tiveram bilheterias bem acima da expectativa. Aqui vão as cinco maiores surpresas de 2018.

"Venom"

Venom - Reprodução - Reprodução
Imagem: Reprodução

Poucos filmes relacionados aos quadrinhos geraram tanta dúvida quanto "Venom". O ponto principal sempre foi: a história do simbionte vai funcionar sem o Homem-Aranha? A Sony apostou que sim e se deu muito bem. "Venom" tem até o momento a quinta maior bilheteria do ano, arrecadando US$ 851,3 milhões segundo o Box Office Mojo.

O filme é o terceiro maior sucesso do universo do Cabeça de Teia, ficando atrás apenas de "Homem-Aranha 3" e "Homem-Aranha: De Volta ao Lar". "Venom" superou a bilheteria até de filmes conceituados do Universo Cinematográfico da Marvel, como "Guardiões da Galáxia" e "Capitão América 2: O Soldado Invernal".

O bom desempenho de "Venom" aconteceu graças ao sucesso do filme na China. Lá ele arrecadou US$ 260 milhões, quase US$ 50 milhões a mais do que fez nos Estados Unidos. Assim, é praticamente garantido que o anti-herói interpretado por Tom Hardy ganhe uma sequência.

Bohemian Rhapsody

Bohemian Rhapsody - Reprodução - Reprodução
Imagem: Reprodução

A cinebiografia de Freddie Mercury, ainda em cartaz no Brasil, já chegou a US$ 596,3 milhões em bilheterias ao redor do mundo. A marca é impressionante, especialmente se levarmos em consideração que o Queen viveu o seu auge nos anos 70 e 80.

Além disso, a produção do filme ficou marcada por diversos problemas como a demissão do diretor Bryan Singer e um caótico set de filmagens. Mas a força da banda, respaldada por uma grande atuação de Rami Malek no papel principal, ajudou a atrair o público para o cinema. 

"Jogador Número 1"

Jogador Número 1 - Warner Bros. Pictures/Divulgação - Warner Bros. Pictures/Divulgação
Imagem: Warner Bros. Pictures/Divulgação

Pode parecer estranho colocar um filme de Steven Spielberg em uma lista de surpresas de bilheteria, mas há dez anos o diretor não emplacava um sucesso. "Jogador Número 1", uma ficção científica com gosto de anos 80, rendeu US$ 582 milhões, segundo o Box Office Mojo.

Como comparação, "The  Post: A Guerra Secreta", o filme anterior de Spielberg, não chegou a US$ 180 milhões.

"Megatubarão"

Megatubarão - Divulgação - Divulgação
Imagem: Divulgação

De vez em quando uma bobagem gigantesca cai no gosto do público. É o caso de "Megatubarão", que abocanhou US$ 527,8 milhões pelo mundo ao replicar todos os clichês do gênero. 

O filme, protagonizado pelo veterano astro de ação Jason Statham, não esconde o absurdo da caçada a um monstro gigantesco. Se não almejou apresentar uma trama séria ou consistente, pelo menos cumpriu a função de divertir.

Um Lugar Silencioso

Um Lugar Silencioso - Reprodução - Reprodução
Imagem: Reprodução

O terror está em alta no cinema, com sucessos recentes como "Corra" ou "It: A Coisa". Mas o mérito de "Um Lugar Silencioso" em 2018 foi arrecadar US$ 340,6 milhões em um filme de gênero que praticamente não tem falas.

O drama da família Abbott, que vive no planeta invadido por alienígenas que são atraídos pelo som, deu tão certo que deve ganhar um novo filme.

Errata: o texto foi atualizado
Diferente do que foi publicado, a bilheteria de "Pantera Negra" foi de US$ 1,346 bilhão, e não US$ 1,346 milhão.