PUBLICIDADE
Topo

Vida de Audrey Hepburn será transformada em série de TV

Audrey-hepburn - false
Audrey-hepburn

Caio Coletti

Colaboração para o UOL

11/12/2018 11h18

Prepare-se para descobrir mais sobre um dos grandes ícones do cinema. A vida e carreira de Audrey Hepburn, estrela de filmes como "Bonequinha de Luxo" e "A Princesa e o Plebeu", vai virar série de TV.

A informação da "Variety" é de que o projeto está em desenvolvimento na Wildside, produtora baseada na Itália que está por trás da recente série "A Amiga Genial", da HBO, que tem previsão de estreia para 2020.

A série terá roteiro de Luca Dotti, um dos filhos de Hepburn, e do jornalista italiano Luigi Spinola. Dotti é filho de um dos dois casamentos de Hepburn, com o psiquiatra italiano Andrea Dotti -- o casal ficou junto entre 1969 e 1982.

Hepburn venceu dois Oscar em sua ilustre carreira em Hollywood: um em 1954, pela atuação em "A Princesa e o Plebeu"; e outro em 1993, uma premiação honorária por seu trabalho beneficente, entregue postumamente a outro filho da atriz, Sean Hepburn Ferrer.

A atriz foi indicada outras quatro vezes ao prêmio da Academia, por filmes como "Sabrina", "Uma Cruz à Beira do Abismo" e "Um Clarão nas Trevas". Outros papéis marcantes vieram no musical "My Fair Lady" e no drama "Infâmia", onde se juntou a Shirley MacLaine para interpretar professoras cujas vidas são arruinadas pelo rumor de que teriam um affair homossexual.

A partir dos anos 1970, apareceu cada vez menos nos cinemas. Ao invés disso, Hepburn se focou em seu trabalho com a Unicef, promovendo um fundo monetário que ajudava crianças em situação de extrema pobreza na África e na América Latina.

O último filme da atriz foi "Além da Eternidade", lançado em 1989, onde foi dirigida por Steven Spielberg. Hepburn morreu em 1993, aos 63 anos, após breve batalha contra o câncer.